segunda-feira, 30 de maio de 2016

Assalto a carro forte saiu de Iguatu e estava levando o dinheiro para abastecer uma agência bancária de Acopiara



O veículo da empresa Corpvs Segurança saiu de Iguatu e estava levando o dinheiro para abastecer uma agência bancária de Acopiara.
O veículo foi atacado na CE-404 e os vigilantes foram rendidos. O bando fugiu em uma Hilux SW4.
Um bando armado com fuzis roubou um carro-forte, no fim da manhã desta segunda-feira (31), na CE-404, Município de Acopiara (a 345Km de Fortaleza). De acordo com a Polícia, pelo menos cinco homens teriam interceptado o veículo e explodido o cofre para levar o dinheiro que estava sendo transportado. 
Conforme o delegado Raphael Vilarinho, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), o carro-forte da empresa Corpvs Segurança saiu de Iguatu e estava levando o dinheiro, quando foi atacado. “Eles pararam o carro-forte no meio da rodovia, renderam os vigilantes e explodiram o cofre. Provavelmente levaram o dinheiro. Estas são as informações preliminares que recebemos”, afirmou o delegado. 
Segundo Vilarinho, o bando fugiu em uma caminhonete Toyota, modelo Hilux SW4, de cor branca, placas não anotadas. Por enquanto os suspeitos não foram identificados, mas as diligências a procura deles já foram iniciadas. Equipes da DRF estão se deslocando para Acopiara e integrarão a operação em busca dos criminosos. A quantia levada ainda não foi revelada pela Polícia. Ninguém ficou ferido durante a ação.
Segundo a Polícia, armados fortemente com metralhadoras, fuzis e pistolas, o bando rendeu os vigilantes e explodiu o cofre do veículo, roubando a quantia em dinheiro, que ainda não foi revelada. Uma Hilux SW4, de cor branca, foi utilizada pelos criminosos. Ninguém ficou ferido.
O caso ocorreu por volta das 12h40min desta segunda-feira, 30. Minutos depois, a Polícia conseguiu localizar o veículo utilizado na fuga já no Distrito de Ibicuã, em Piquet Carneiro.
Policiais de Mombaça e Iguatu foram acionados para reforçar o cerco em torno dos assaltantes. Segundo informações, com este caso, já sobe para três o número de ataques à carros-forte no Estado somente este ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário