quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Esperança Volume de água aumenta em 46 açudes após chuvas

Reservatórios da porção centro-sul do Estado registraram maior volume em comparação de dados da Cogerh entre a quarta-feira, 18, e a segunda-feira, 23. No período, todas as regiões do Ceará tiveram chuvas da pré-estação.

Thaís Brito cotidiano@opovo.com.br
Foto: Edimar Soares
O POVO vem acompanhando a situação crítica dos reservatórios no Estado. Na foto, açude em Quiterianópolis

Os dados mais recentes do Portal Hidrológico do Ceará, que monitora o nível dos reservatórios no Estado, trazem alguma esperança para os sertanejos. Em cinco dias, o volume de água aumentou em 46 dos 144 açudes monitorados.

Os açudes que estão com mais água desde a semana passada são principalmente das regiões centrais e da porção Sul do Estado, como nas bacias do Salgado, Banabuiú e Alto Jaguaribe (ver mapa).

As chuvas da pré-estação, que atingiram todas as regiões do Estado nos últimos dias 19, 20 e 21, serviram para amenizar a situação, que ainda é crítica - o volume total da água acumulada no Ceará é de apenas 31,3% da capacidade. O POVO comparou o nível dos açudes dos dias 23 de dezembro (data mais recente) e 18 de dezembro.

Dos 144 açudes monitorados, 46 registraram aumento, 25 permaneceram com níveis iguais e 59 tiveram seus recursos diminuídos. O restante não teve o índice informado no Portal Hidrológico. A notícia é boa porque a tendência da estiagem é de queda no nível de água em praticamente todos os reservatórios, como vinha ocorrendo nos últimos meses.

Atualmente, apenas dois açudes monitorados pela companhia estão com níveis acima de 90%. Além do Gavião (em Pacatuba, com 91% do volume), o Curral Velho, em Morada Nova, está sangrando desde a quinta-feira passada, 19.

Segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as chuvas em Morada Nova somaram 127,1 milímetros desde a semana passada. O Curral Velho passou de 88% da capacidade para 98%, com um aumento de 1,2 bilhão de litros em cinco dias. Também em Morada Nova, os reservatórios Poço do Barro e Cipoada ficaram com maiores volumes.

Outro aumento significativo foi registrado no açude Pacoti, situado em Horizonte. O volume adquirido foi de 1,5 bilhão de litros. Se levada em conta a proporção do açude, a alteração foi tímida: o volume passou de 34,5% a 35% da capacidade total.

Para a maioria dos casos, a alteração na capacidade não chega a 1%. A chuva também aumentou o volume de seis açudes da bacia do Sertões do Crateús. No entanto, todos os reservatórios da bacia permanecem com níveis inferiores a 9%, como o Flor do Campo (em Novo Oriente, com 4%).
 
O POVO tentou contato com representantes da Funceme e da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), mas os telefones não foram atendidos por causa do feriado de Natal.

Saiba mais - Outras bacias hidrográficas registraram aumento no nível dos reservatórios: Médio Jaguaribe (5), Metropolitana (3), Acaraú (3), Curu (1) e Litoral (1). Elas estão situadas na porção Norte do Estado.
 
Atualmente, o Ceará tem 110 açudes com volumes inferiores a 30%.
 
A Funceme alerta que as precipitações até janeiro não têm
relação com a quadra chuvosa de 2014. São dois sistemas meteorológicos diferentes.
 
Até amanhã, a previsão da Funceme é de chuvas isoladas em todo o Estado.

Serviço
Acompanhe a situação dos açudes no Ceará
Site: Portal Hidrológico do Ceará
Link: www.hidro.ce.gov.br
Site da Funceme: funceme.br

domingo, 22 de dezembro de 2013

Neto Rodrigues fala das ações da Secretaria de Agricultura

O Secretário de Agricultura do Município de Banabuiú participou do Programa Tribuna Livre com o radialista Joel Moraes e falou sobre as ações realizadas e o que pretende para o ano vindouro. Fotos de Eventos.
 

sábado, 21 de dezembro de 2013

Ricardo Machado é reeleito como Procurador-Geral de Justiça

Ricardo Machado posse.jpg
O promotor de Justiça Ricardo Machado é reeleito como procurador-geral de Justiça do Ceará para o biênio 2014/2015. Ele foi escolhido nesta quinta-feira (19) pelo governador Cid Gomes. Machado foi o mais votado (205 votos) da lista tríplice enviada ao governador pelo Ministério Público. A lista contava também com o nome da procuradora de Justiça Neves Feitosa (154 votos) e do promotor de Justiça Nestor Cabral (129 votos). A posse do procurador-geral de Justiça será realizada no dia 6 de janeiro, às 18h, no auditório da sede da instituição (rua Assunção, 1100, José Bonifácio).

 Os membros do Ministério Público do Estado do Ceará definiram, no dia 6, a lista tríplice composta pelos candidatos mais votados à chefia da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ). Dos 367 aptos a votar, foram registrados 330 votos, sendo que 265 ocorreram por meio da urna eletrônica e 65 votos foram registrados por cédula. Apenas 1 voto não foi válido.    

 O promotor Ricardo Machado ingressou no Ministério Público do Estado do Ceará no 1º dia de fevereiro de 1996, ocupando o cargo de promotor de Justiça de 1ª entrância da comarca de Solonópole; o de 2ª entrância na comarca de Várzea Alegre e, depois, o de 3ª entrância na comarca de Quixadá. Em 1998 passou ao cargo de 2º promotor de Justiça auxiliar da comarca de Fortaleza, desempenhando suas funções junto às promotorias da Fazenda Pública. Ocupou, ainda, o cargo de secretário-geral da Procuradoria Geral de Justiça no biênio 2006-2007. Em janeiro de 2012, tomou posse no cargo de procurador-geral de Justiça do Ceará, sendo reconduzido ao cargo para o biênio 2014-2015.

 Como procurador-geral de Justiça no biênio 2012/2013, sua gestão foi marcada, dentre outras, pela atuação pioneira na campanha contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 37; pela criação do Comitê Estadual de Enfrentamento às Drogas; e das promotorias de Infância em Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Juazeiro do Norte e Sobral; pelo início das obras de construção do novo prédio da PGJ no Cambeba; pelo projeto de criação da  Escola Estadual de Mediação; pela autonomia financeira da Escola Superior do Ministério Público; e pela conquista do Fundo de Reaparelhamento da PGJ, do duodécimo e da participação na receita corrente líquida do Estado.   
 Saiba mais

 Quem é Ricardo Machado

 Alfredo Ricardo de Holanda Cavalcante Machado concluiu em 1983 o Curso de Direito e Ciências Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. Tornou-se especialista em Direito do Trabalho, pela Universidade de Fortaleza (Unifor); e mestre em Direito Público – área de concentração: Ordem Jurídica Constitucional, pela Universidade Federal do Ceará, com a defesa da tese “A efetividade do Direito ao Ensino Fundamental”. Ocupou seu primeiro cargo público como diretor da Divisão de Contabilidade e Finanças da Vice-Governadoria do Estado do Ceará no período de 1979 a 1982. Foi vereador de Quixeramobim entre os anos de 1983 e 1989. Exerceu também o cargo de técnico de nível superior I, na função de assessor jurídico, na Empresa de Pesquisa Agropecuária do Ceará (Empace); de coordenador estadual da Fundação Educar, vinculada ao Ministério da Educação; de diretor do Departamento de Coordenação Regional da Secretaria de Governo do Estado do Ceará. Foi fundador e editor, em parceria, do jornal “O Quixeramobim”, periódico que circulou de 1979 a 1981. Criou o movimento “O Direito é Aprender”, nos municípios de Várzea Alegre e Quixadá, no qual recebeu o diploma de reconhecimento conferido pela Associação Cearense do MP, pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Secretaria de Educação do Ceará. Foi agraciado também com honra ao mérito, conferida pelo Município de Quixeramobim, e com a medalha Boticário Ferreira, pela Câmara Municipal de Fortaleza. Ingressou no Ministério Público do Estado do Ceará em fevereiro de 1996, ocupando o cargo de promotor de Justiça de 1ª entrância da comarca de Solonópole e depois de 3ª entrância na comarca de Quixadá. Em 1998 passou ao cargo de 2º promotor de Justiça auxiliar da comarca de Fortaleza, desempenhando suas funções junto às promotorias da Fazenda Pública. Ocupou, ainda, o cargo de secretário-geral da Procuradoria Geral de Justiça no biênio 2006-2007. No dia 4 de janeiro de 2012, tomou posse no cargo de procurador-geral de Justiça do Ceará, sendo reconduzido ao cargo no biênio 2014-2015.

 Principais ações como PGJ no biênio 2012/2013

 - Início da construção do novo prédio da PGJ, no Cambeba
 - Autonomia financeira da ESMP
 - Duodécimo
 - Concurso para novos servidores
 - Criação da Escola Estadual de Mediação
 - Repasse do Duodécimo orçamentário para o MPCE
 - Aumento da participação do MPCE na receita corrente líquida do Estado
 - Criação do Comitê Estadual de Enfrentamento às Drogas
 - Criação das promotorias de Infância em Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Juazeiro do Norte e Sobral
 - Ampliação dos gabinetes de promotorias no Fórum Clóvis Beviláqua
 - Criação do posto do Decon no aeroporto Pinto Martins
 - Criação de 4 novos núcleos de mediação comunitária no Estado
 - Atuação de âmbito nacional na campanha contra a PEC 37
 - 60 intervenções físicas nas promotorias e em outros órgãos
 - Em parceria, TAC do transporte escolar com 45 prefeituras
 - Ampliação da Assessoria de Comunicação da instituição, com a criação de novas ferramentas de aproximação do MP com a sociedade (inserção do MP nas redes sociais).

Fonte: Ascom MPCE.

Junta de Serviço Militar de Banabuiú recebe troféu eficiente

O troféu eficiente que é enviado pelo Ministério da defesa do exercito Brasileiro que diz "O chefe da Vigésima Quinta (25) circunscrição do serviço militar confere a presente placa a Centésima Octagésima Primeira (181ª) Junta do Serviço Militar em Banabuiú, em reconhecimento a primeira colocação no âmbito da terceira delegacia do serviço militar do troféu eficiência da 25ª circunscrição do serviço militar biênio 2012-2013, assinado pelo Cel. Carlos Emanoel Burate secretário da 181ª JSM". A Junta do Serviço Militar de Banabuiú tem a frente Eberval Silva Almeida.
Com informações do Radialista Joel Moraes - Assessor de Comunicação da Prefeitura de Banabuiú.