terça-feira, 30 de julho de 2013

Aceji promove Encontro Estadual de comunicadores da região matropolitana de Fortaleza

Jornalistas, radialistas, blogueiros e outros comunicadores estarão reunidos no próximo dia 3 de agosto, na cidade de Maranguape, durante o Encontro de Comunicadores da Região Metropolitana de Fortaleza. A promoção é da Aceji (Associação Cearense de Jornalistas do Interior) e realização da Prefeitura de Maranguape. O vice presidente da aceji , jornalista Amaury Alencar e o prefeito Átila Câmara, de Maranguape, estão empenhados para realizar um grande evento. A expectativa é reunir cerca de 400 comunicadores no Encontro.
Conforme a programação, que está sendo elaborada em conjunto, focando o tema “O papel do comunicador na reversão de ações políticas impopulares nos municípios”, ocorrerão palestras, oficinas de jornalismo e outras atividades voltadas para a qualificação profissional da categoria e o debate da problemática local e regional. Para tanto, autoridades políticas e lideranças da comunidade, além de grandes nomes da comunicação no Ceará estão sendo convidadas para o Encontro.
A programação oficial será cumprida na sede da Câmara Municipal de Maranguape, com abertura às 9 horas do dia 3 de agosto. As atividades direcionadas para os comunicadores serão desenvolvidas no período da tarde.
A Aceji informa que irá disponibilizar ônibus especial, da sua sede (Av. Dom Manoel, 423 – Centro – Fortaleza), às 8 horas do dia 3, para Maranguape. O retorno ocorrerá logo após o término do Encontro. Os participantes deverão fazer inscrição na Aceji com antecedência, Mais informações pelos fones (85) 3231.5531/8540.9588.

EDITAL de ELEIÇÃO: Associação da Imprensa do Sertão Central - AISC

AISC ASSOCIAÇÃO DA IMPRENSA
Quixadá > EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ELEIÇÃO PARA DIRETORIA E CONSELHO FISCAL DA ASSOCIAÇÃO DA IMPRENSA DO SERTÃO CENTRAL - AISC. TRIÊNIO - 2013/2016.
O presidente da Diretoria provisória da ASSOCIAÇÃO DA IMPRENSA DO SERTÃO CENTRAL - AISC, Radialista Profissional Francisco Cleumio Pinto de Sousa, no uso de suas atribuições legais e de acordo com a ata de fundação da entidade, convoca os associados e membros da Associação da Imprensa do Sertão Central - AISC, para participarem da eleição que definirá a Diretoria e o Conselho Fiscal no triênio de Setembro de 2013 até Janeiro de 2016. O processo eleitoral ocorrerá no dia 25 de agosto de 2013, no Auditório do CDL de Quixadá Rua José Juca n. 551 Centro Quixadá Ceará, com início às 09:00hs e término às 12:00h.
Conforme dispõe o Artigo 16 do Estatuto ASSOCIAÇÃO DA IMPRENSA DO SERTÃO CENTRAL - AISC, a forma de eleição, tanto da Diretoria, quanto do Conselho Fiscal consistirá na apresentação de chapas, as quais deverão conter os cargos e os nomes completos dos candidatos correspondentes. As chapas serão compostas pelos seguintes cargos na Diretoria Executiva:
Presidente;
Vice-Presidente;
Primeiro(a) Secretário(a);
Segundo(a) Secretário(a);
Diretor(a) Financeiro(a);
Diretor(a) adjunto Financeiro(a)
Diretor(a) de patrimônio
Diretor(a) adjunto de patrimônio
Diretor(a) Cultural e Social
Diretor(a) Adjunto Cultural e Social
Diretor(a) de Imprensa
Diretor(a) Adjunto de Imprensa
• O Conselho Fiscal será composto por: 03 (três) membros titulares e 03 (três) suplentes.
A eleição, tanto da Diretoria, quanto do Conselho Fiscal, será feita por voto individual, direto e secreto. No caso de chapa única, tanto para a Diretoria, quanto para o Conselho Fiscal, a eleição dar-se-á por aclamação expressa às únicas chapas apresentadas. Na hipótese da alternativa "não" alcançar metade mais um dos votos dos eleitores presentes ao pleito, para qualquer das chapas apresentadas, esta não poderá ser proclamada eleita, resultando em que iniciará novamente todo o procedimento para novo pleito.
Obs.: Os interessados em fazer parte ou montar uma chapa para concorrer à eleição, favor comparecer na reunião do dia 10 de Agosto de 2013 às 09:00h no auditório do CDL de Quixadá para esclarecer possíveis dúvidas.
Atenciosamente,
Francisco Cleumio Pinto de Sousa
Radialista Profissional
Presidente da Diretoria Provisória da AISC.
***********************************************************
SOLICITAMOS A TODOS OS COLEGAS QUE COMPARTILHE ESTE EDITAL
Mais informações: Redação (88) 9970-5161 TIM  redacao@sertaoalerta.com.br
www.sertaoalerta.com.br

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Danilo anuncia recursos para barragem Cruzeta

O Ministério da Integração Nacional vai liberar até a próxima sexta-feira a segunda parcela, no valor de R$ 1.333, 333,00 (Hum milhão, trezentos e trinta e três mil e trezentos e trinta e três reais) para pagamento das obras da Barragem Cruzeta na cidade de Pedra Branca. O custo total é de R$ 4.000.000,00.

Com capacidade para armazenar 7,5 milhões de m3 de água, a Barragem Cruzeta irá abastecer moradores das comunidades de Santa Cruz do Banabuiú, Barra do Riachão, Extrema, Boa Hora e Salgado. ”Com a liberação de recursos, honramos mais um compromisso com a população de Pedra Branca,  que era garantir o abastecimento de água dessas localidades”, disse Danilo Forte (PMDB), ao comemorar a medida do Ministério da Integração Nacional. 
Fonte: Antonio Cardoso do Ceará Agora.

BC lançará notas de R$ 2 e R$ 5 da nova família do Real nesta segunda 09/07

Notas de R$ 2 e R$ 5 da nova família do Real - Clique para ampliar (Divulgação Banco Central)
Notas de R$ 2 e R$ 5 da nova família do Real - Clique para ampliar
As cédulas de R$ 2 e R$ 5 da nova família do Real serão lançadas no segundo semestre de 2013, informou nesta segunda-feira (3) o chefe-adjunto do Departamento do Meio Circulante do Banco Central, Luiz Ernani Marques Acciolly. As cédulas da segunda família representam hoje 55% do meio circulante, que soma hoje cerca de R$ 165 bilhões.

Desde 2010, já foram lançadas as cédulas de R$ 100, R$ 50, R$ 20 e R$ 10 da nova família, que conta com novos elementos de segurança e tamanhos diferenciados para cada valor. A cédula de R$ 2 terá 121 x 65 m, já a de R$ 5 terá 128 x 65 mm. As duas notas são menores que as atualmente usadas, com 140 x 65 mm. Veja outras notas aqui.

Prefeito de Milhã publica nota de esclarecimento desmentindo vereador de oposição

A nota foi publicada em sua conta particular na rede social "Facebook".

O prefeito de Milhã, Otacílio Macêdo publicou na Manhã desse Sábado(27/07), na sua pagina pessoal do Facebook, uma nota esclarecendo alguns comentários feitos pelo vereador de oposição Francisco Ecivando Pinheiro. O vereador realizou uma postagem também em sua conta particular no facebook na última Quarta-feira(24), acompanhado de um Oficio encaminhado pelo então deputado Federal José Guimarães(PT-CE). O oficio se tratava de um encaminhamento em anexo da pré-seleção de abastecimento de água para o Município de Milhã conseguido pelo próprio prefeito da Cidade o que o vereador não deixou claro na sua publicação, dando a entender que teria sido ele juntamente com demais vereadores de oposição os requerentes da tal verba. Em seu comentário junto a postagem do Oficio o vereador Ecivando descreveu; "NÃO É SÓ FOTO E PROPAGANDA ENGANOSA NÃO, É A REALIDADE E RESPONSABILIDADE, COMPROMISSO COM A POPULAÇÃO DE MILHÃ, QUE ESTE DEPUTADO, VEREADORES E LIDERANÇAS TEM COM A POPULAÇÃO, É R$ 5.576,764,39 PARA O ABASTECIMENTO DE ÁGUA DAS COMUNIDADES DE MILHÃ, E ATENÇÃO É RECURSO FEDERAL. E VAI VIM MAIS NÃO VAMOS PARA POR QUI NÃO ESPERO QUE O PREFEITO MUNICIPAL ABRA AS PORTA DA PREFEITURA PRAS OBRAS DOS VEREADORES, POIS MILHÃ SO TEM A CRESCER. OLHE O DEPUTADO JOSÉ GUIMARÃES MANDOU TAMBÉM UM OFICIO AO PREFEITO PARABÉNS DEPUTADO E ASSIM QUE SE FAZ."

O prefeito tomando conhecimento da Postagem, logo se pronunciou em nota que diz; " O respeito ao povo é uma das atitudes que quaisquer gestores têm que imprimir em sua Administração, sendo que os fatos tergiversados podem compelir créditos injustos e malfazejos, constituindo-se em mentira. As Emendas Parlamentares são para muitos municípios única fonte de condição de construção de obras, afirmação oriunda da queda dos repasses aos municípios nos anos 2.000; bem como as implementações de Programas Federais de repasse e fomento tiraram dos municípios gerência efetiva passadas para FUNASA, MINISTÉRIOS entre outros órgãos da Administração Centralizada e Descentralizada.  A FUNASA através dos Programas acima citados traz uma série de Ações para engendrar programas de Saúde, e a Prevenção de Doenças, destarte, as áreas são diversas, como ABASTECIMENTO DE ÁGUA, CONSTRUÇÃO DE “KITS SANITÁRIOS” entre outros. É cediço que o grande problema conjuntural em Milhã é o do Abastecimento D’água, assim desde outubro de 2012 a Gestão hoje em tela vem buscando Projetos e Emendas para sanar estas irregularidades e descaso com o povo milhãense. Assim, como não poderia deixar de ser, toda Emenda é “bem vinda”, pois se gere nesta Administração pelo pleito ao bom serviço público. As diversas empreitadas por Projetos e Emendas fez com que muitos fossem reativados, inadimplências retiradas e Emendas direcionadas para Milhã/CE. Ainda no final do ano passado, uma Emenda parlamentar do Ex-Deputado Federal Raimundo Macêdo ficou pendente de implementação por descaso da Gestão passada que deixou o Município com diversas inadimplências. Hodiernamente a maior “luta” desta Gestão reside não só na busca de recursos, mas também na regularização da “máquina pública sucateada” deixada pela negligência e imprudência maléfica de diversos Gestores efetivados no último mandato entre 2009/2012. Na última semana por conta de notícias veiculadas nas redes sociais, indagou-se desta gestão a existência de Emenda nominal do Deputado Federal José Guimarães no importe de R$ 5.576.764,39. Como não poderia deixa de ser, ficamos felizes com a informação, entretanto a mesma não coaduna com a verdade dos fatos.

Passaremos então a esclarecer:

01. Com base na realidade de Milhã, principalmente nos Distritos, notadamente Carnaubinha/Ipueiras e Região, o Topógrafo Clayton Quariguazi e equipe foi contratado por este subscritor para estudar a viabilidade de projetos - Projeto assinado pelo Engenheiro Civil Wladimir Macambira, na ocasião o Sr. Clayton ficou hospedado na residência do Vereador Valdir Isidoro;


02. Após estudo de viabilidade e projeto assinado por quem de direito, o mesmo foi referendado pela empresa SERAP Consultoria;

03. Tudo em conformidade com a legalidade necessária foi o mesmo levado a FUNASA, e vitorioso em 03 (três) etapas internas – todas acompanhadas pelo Gestor Público Municipal;
04. Cabe salientar que a Quarta Etapa já para implementação ocorreu na última terça-feira, as 14:00 na sede da FUNASA em FORTALEZA, ocasião acompanhada in loco pelo PREFEITO e ENGENHEIRO – conforme documento em anexo da FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE;
05. Destarte, aguarda-se aprovação para empenho das verbas respectivas.
O Projeto em tela abrange as seguintes comunidades: DISTRITO DE IPUEIRAS, CABEÇA DO BOI, DISTRITO DE CARNAUBINHA, VICENTES, PEDRA VERDE e adjacências. Tal projeto é um anseio de longas datas daquela sofrida e sofrível população, que há muito esquecida será alcançada pelo nosso trabalho, com as Graças de Deus, o que ainda padece de muito trabalho, pois se necessita de empenho, ou seja, ainda não é certeza.
GESTÃO PÚBLICA é algo sério e o povo merece seu devido respeito, pois como o próprio nome referenda, se gere algo do povo.
OU SEJA, NÃO PODEMOS VIVER DE PROPAGANDA ENGANOSA, TEMOS QUE TER RESPONSABILIDADE E COMPROMISSO COM A VERDADE, O PROJETO ACIMA DELINEADO NÃO É ORIUNDO DE EMENDA PARLAMENTAR, SEJA DO NOBRE DEPUTADO FEDERAL GUIMARÃES OU DE QUAISQUER OUTROS DENTRE 22 (VINTE E DOIS) DA BANCADA CEARENSE. CUMPRE-NOS QUE NENHUM VEREADOR QUE SE DIZ DA OPOSIÇÃO MILHÃENSE, NOTADAMENTE O RESPEITOSO VEREADOR ECIVANDO PINHEIRO, QUE DIVULGOU EM SUA PÁGINA PESSOAL NO DIA 24 DE JULHO DE 2013 ÀS 16:22 A APROVAÇÃO DO PROJETO, DIRECIONOU EMENDA DE VINCULO A DEPUTADOS FEDERAIS PARA ESTE MUNICÍPIO.
AINDA SOBRE O FATO, O BLOGUEIRO DERISOMAR – MILHÃ AGORA - POSTOU: “(...) Segundo os Vereadores, o Dep. Guimarães afirmou que atendendo aos edis, que conseguiu junto a FUNASA uma verba de R$ 5.576.764,39 (...)“ Como sabemos da lhaneza do Deputado Federal Guimarães, recebemos de bom grado o Ofício 186/2013/CD – GAB. 358, assim como no mesmo teor atenciosamente recebemos a mesma INFORMAÇÃO do Senador Pimentel e seu Par Eunício Oliveira, e dos Deputados Danilo Forte, Arnon Bezerra, dentre outras assessorias.
ANEXO I - PORTARIA FUNASA Nº 931/2013 – CE – CE 0504137565 – PREF. MUN. MILHÃ – ÁGUA – 23/07/2013 – 14:00
ENTRETANTO, a cidade de Milhã/CE necessita de mais obras que as aprovadas pela luta deste Prefeito, pois, infelizmente, o descaso da última Gestão, apoiada pelo nobre Vereador Ecivando Pinheiro, especificamente nos anos 2010/2012 imprimiram enorme prejuízo a população milhãense com desvio de finalidade de diversas verbas, obras inacabadas como o “elefante branco” constituído como Escola da Carnaubinha, não repasse de consignados, inadimplências com a FUNASA, não repasse do valor respectivo ao INSS, não pagamento dos funcionários públicos municipais referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro, entre muitos outros.
DE TODA SORTE, como mencionado acima, o município de Milhã precisa de Obras, precisa de Emendas, precisa de verdade nas afirmativas; como já mencionado esta gestão não fará coisas erradas, não apoiará mentiras e não fundará seus anseios em descasos e devaneios.
Vidal Sasson, um Cabeleireiro, pessoa de simples trato, mais de grande conhecimento proferiu a celebre frase: “O único lugar em que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.” Apoiados neste ensinamento, asseveramos, publicamente, QUE TODA EMENDA É BEM VINDA E QUAISQUER VEREADOR QUE CONSEGUI-LAS TERÁ NESTA GESTÃO APOIO E RECONHECIMENTO, ENTRETANTO, não podemos nos fundar em mentiras. Apoiados em outro ditado popular, não podemos também “fazer reverência com chapéu alheio”
Agradecemos à todos os agentes políticos envolvidos nesta vitória malversada pela postagem do Ilustre Vereador e pleiteamos apoio de todos na busca de novas Emendas, informando ao Nobre Deputado Federal Guimarães, de força e empenho conhecidos que nos mande Emendas e Projetos.
Atenciosamente.
PAÇO MUNICIPAL DE MILHÃ/CE, CENTRO, CEP. 63.635.000.

OTACÍLIO JOSÉ PINHEIRO MACÊDO - PREFEITO MUNICIPAL

O Prefeito também postou fotos provando ser ele mesmo o autor do requerimento da verba em detalhe. 

Veja: Clicando em Cada foto abaixo você ver os detalhes.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

aaa


Governo do Estado busca fortalecer desenvolvimento de municípios do Interior

O Governo do Estado, através do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede) realiza nesta quinta-feira (24) a primeira reunião da Aliança Regional. A Aliança é uma agenda que está sendo organizada pelo Cede para fortalecer o desenvolvimento dos municípios a partir de uma visão regional, buscando identificar potencialidades em comum. No primeiro encontro, o Secretário Alexandre Pereira recebe os prefeitos do Sertão Central.

A reunião é resultadio de um encontro que houve no início de julho em Banabuiú, a partir de uma solicitação da Amusc (Associação dos Municípios do Sertão Central). "Fomos a Banabuiú ouvir os prefeitos da região e agora eles estão vindo ao Cede iniciar um trabalho de planejamento estratégico que pretendemos levar a diversas outras regiões do estado", pontua Alexandre Pereira. A ideia é estimular o desenvolvimento municipal de forma coletiva, por isso a concepção de Aliança. "Muitas vezes uma fábrica que um município ganha, acaba beneficiando o vizinho, que pode ganhar uma escola profissionalizante, e outro que recebe um fornecedor da fábrica", explica o Secretário.

O Cede incentiva que municípios realizem estudos de potencial e planejamentos estratégicos a fim de facilitar o trabalho de articulação de novos negócios. Uma das principais linhas da política industrial do Governo do Estado é estimular a interiorização da implantação de atividades produtivas e o fortalecimento da rede de instituições voltadas para o desenvolvimento sócio-econômico e a absorção e disseminação de novas tecnologias.

Assessoria de Comunicação do Cede - Paulo Sombra ( paulo.sombra@cede.ce.gov.br / 85 3101.1602 9909.3843 ). leia mais: http://www.ceara.gov.br

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Campeonato mundial: Vereador de Banabuiú disputa título de jiu-jitsu em São Paulo

Waltinho - Campeão de Jiu-jitsu  Foto - Júnior Samurai (1)Banabuiú > O primeiro vereador atleta de jiu-jitsu do Interior do Ceará, Walter Pinheiro, conhecido como Waltinho, disputa nesta quinta-feira, 18 e amanhã, 19, o campeonato mundial da modalidade, na categoria Meia-guarda, em São Paulo. Waltinho disse à reportagem do Diário Sertão Central que está confiante e pretende superar seus adversários no Ginásio Ibirapuera. Ele é o atual líder do ranking Meia-guarda e campeão brasileiro de jiu-jitsu. Conquistou as medalhas de ouro no Absoluto e de bronze na categoria Meio-pesado, acumulando 10.250 pontos. Ele está no topo da lista. Waltinho também recebe elogios pela sua atuação na Câmara Municipal de Banabuiú.. Leia mais: Diário Sertão Central.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Cagece inicia duas licitações para elaboração de projetos de engenharia

CAGECE
A Cagece iniciou em junho duas licitações para elaboração de estudos e projetos de engenharia em todo o Ceará, para ampliação, implantação e melhorias nos sistemas de água e esgoto. As duas licitações preveem a utilização de recursos próprios, no valor de R$ 4.520.080,92 e R$ 3.792.436,28.

A previsão inicial é de que, até o final do ano, estejam concluídas as licitações e assinados os contratos. Uma das licitações (no valor de R$ 4,5 milhões) contempla oito Unidades de Negócio da Cagece, sendo elas de Fortaleza e Região Metropolitana, além das bacias do Curu e Litoral, do Acaraú e Coreaú, além do Baixo Jaguaribe. A outra licitação (de R$ 3,7 milhões) abrange as Unidades de Negócio das bacias do Alto Jaguaribe, do Salgado, do Parnaíba e do Banabuiú.

A meta é de que as duas licitações permitam à Cagece apenas fiscalizar os projetos elaborados pelos dois contratos, como forma de atender com mais agilidade ao dia a dia de demandas das Unidades de Negócio. Desta forma, a Companhia também poderá concentrar sua atenção e seu esforço nos grandes projetos mais estratégicos.
Assessoria de Imprensa da Cagece - Janaina Taillade - 85 3101.-1828 | 3101.1826 | 8878.8932. Mais informações: ceara.gov.br

terça-feira, 16 de julho de 2013

Meteorologia Chuva rompe barragem na região do Vale do Jaguaribe

Limoeiro do Norte. A chuva das últimas 24 horas atingiu 92 municípios cearenses, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos do Ceará (Funceme). Para os meteorologistas, a chuva já era esperada, mas o volume para este mês de julho superou as expectativas, ficando 68% acima da média para o mês. Os maiores volumes foram registrados no Sertão Central e no Alto Jaguaribe, chegando a romper um açude no município de Jaguaretama.

O Açude Paróquia, localizado próximo ao centro da cidade de Jaguaretama, na região Jaguaribana, a 240 km da capital, sangrou no início da manhã de ontem. A chuva, que teve início na noite de ontem por volta das 20 horas, durou por toda a madrugada. No município foi registrado o volume de 114 mm, a segunda maior precipitação.

De acordo com informações do radialista Valdízio Bezerra, a forte chuva que também caiu na zona rural do município foi responsável por arrombar a parede de um açude particular, no Sítio Boa Sorte, que fica a 8 km da sede. "Como é numa propriedade privada, não há nenhuma vila por perto. A água foi toda para o açude castanhão", afirma Bezerra diante do que foi apurado.

Valdizio ressalta ainda que para a população, mesmo sendo em julho tem chovido o mesmo volume do que é registrado em época de quadra chuvosa.

Ainda de acordo com ele, cerca de 10 açudes estão cheios, mas tendem a esvaziar, pois a água é coletada toda pelo Castanhão. Sobre prejuízos, Bezerra afirma que o único problema foi com a passagem do Riacho da Arara, distante a 25 km da sede do município, onde dá acesso à comunidade rural de Bom Jardim. O trecho esta intransitável porque o grande volume de água interrompeu a passagem no final de semana.

Característico - A maior chuva foi registrada na cidade de Madalena, no Sertão Central, alcançando 127 mm. Também choveu acima de 50 milímetros nas cidades de Quixeramobim (76 mm), Guaramiranga (75.4mm) Iracema (66 mm), Boa Viagem (56 mm), Ipueiras (55 mm), Banabuiu (54.2), Quixadá (52.3) e São Benedito (51 mm). Segundo o meteorologista da Funceme, Raul Fritz, o volume de chuva característico do pós-estação era esperando, mas a surpresa foi o volume em algumas cidades. "Existem chuvas no pós-estação principalmente no mês de julho, mas no geral elas não são tão intensas, são isoladas, rápidas, passageiras, com pouca intensidade. Mas choveu bem, com mais intensidade nas regiões Centro-norte cearense e Jaguaribana. Já estamos com 68% acima da média para o mês de julho, até o momento, então ainda estamos na metade do mês", afirma. Fritz explica que estas instabilidades vieram do oceano, em direção ao continente e que associados a umidades muito altas são propícios a ocorrer precipitações.

"Nesta época do ano essas nuvens costumam se formar desde o rio Grande do Norte até Alagoas, com direção ao Ceará. Para nossa surpresa no Ceará houve intensidade, mas deverá esta perdendo força nos próximos dias, ao se aproximar do Piauí", ressalta Fritz. Leia matéria completa: DiáriodoNordeste.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Transposição avança

O Ministério da Integração Nacional avalia haver alcançado 50% das obras físicas do Eixo Leste do Projeto de Integração das Bacias Hidrográficas do Nordeste com o Rio São Francisco. O alcance dessa meta torna o projeto, na avaliação de seu órgão executor, irreversível.

O empreendimento, iniciado há cinco anos, já duplicou o custo de suas obras, elevando-o de R$ 4,5 bilhões para R$ 8,2 bilhões, com previsão de outros reajustes até 2015, quando tem sua conclusão estimada. No País, raramente obra pública começa e se encerra com um único preço. Quando isso ocorre, o reajuste vem mascarado, porque o expediente se tornou regra comum.

Ainda assim, vem avançando a transposição das águas do Rio São Francisco para o semiárido como o maior empreendimento preconizado para a região, diante da possibilidade de equacionamento de grave problema estrutural: a carência regular de chuvas e da falta de reservas hídricas no subsolo. As águas transpostas correrão pelos leitos dos rios secos.

As atenções se voltam atualmente para o Eixo Norte, onde o ritmo das frentes de trabalho só atingiu 36% do volume previsto. Os canais de escoamento d´água, implantados no lado pernambucano do São Francisco, se incorporam em duas frentes distintas de vazão das águas. A primeira frente, a do Eixo Leste, prevê a perenização dos rios situados nos estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

A segunda frente, estruturada com base no Eixo Norte, beneficia, ainda, trechos de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e o território do Ceará, a partir dos acessos em construção no município limítrofe de Jati. O volume de água transposto será dividido em dois caminhos: o primeiro, aproveitando o leito do Riacho dos Portos, alcançará o Rio Salgado, o Açude Orós, o Açude Castanhão e o Eixão das Águas.

O segundo caminho, partindo de Jati, seguirá margeando o Vale do Cariri e a Serra do Araripe, vai lançar as águas transpostas nos rios da região mais seca do Ceará, os Inhamuns, incorporando-se ao Cinturão das Águas. Os dois grandes sistemas, Eixão e Cinturão, terão a tarefa de fazer circular as águas para combater as elevadas taxas de evapotranspiração, estimadas em 40 % dos estoques represados quando os invernos são normais.

Desse modo, o Ceará vem se preparando para enfrentar, no futuro próximo, as estiagens prolongadas, protegendo a água acumulada ao longo dos anos com chuvas regulares e, depois, permitindo seu escoamento planejado por adutoras e canais de abastecimento.

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas será o executor das obras de recuperação de 24 barragens distribuídas por quatro estados nordestinos. Recursos estimados em R$ 23,3 milhões, oriundos do Ministério da Integração Nacional, foram assegurados para o custeio dos projetos básicos, objetivando, em primeiro lugar, a melhoria da qualidade da água armazenada.

A recuperação desses reservatórios tornou-se imprescindível para torná-los aptos a receberem as águas da transposição do Eixo Norte, com preocupação especial para a segurança hídrica. No Ceará, seis açudes foram beneficiados com essas obras de recuperação: Lima Campos, em Icó; Quixabinha, em Mauriti; Nossa Senhora dos Prazeres, em Caucaia; Banabuiú, em Quixeramobim; Orós e Castanhão, no Vale do Jaguaribe.

O megaprojeto da transposição está desencadeando obras complementares à nova estrutura de recursos hídricos com a qual o semiárido será contemplado. Opinião, Editorial. Leia mais no Diário do Nordeste.

domingo, 14 de julho de 2013

Delegacia de policia de Solonopole inaugurada e sem condições de trabalho

O município de Solonopole tem 17.768 habitantes e fazem parte da área de segurança pública o 1º Sargento Pm Antonio Margongel da Silva de Almeida, o delegado Bruno Montagnoli, o escrivão Marcio Daschagas Silva, o juiz Adriano Ribeiro Furtado Barbosa e o promotor Dr. Déric Funck Leite. De acordo com as primeiras informações obtidas a respeito de inspetor para Solonópole, dão conta que uma pessoa passou na prova de habilitação logo em seguida conseguiu transferência para assumir na cidade de Morada Nova, ficando esta comarca para quando assumir uma nova turma, até a presente data ninguém se apresentou na Delegacia Regional Policia Civil de Senador Pompeu e também na Delegacia de Policia de Solonópole.
Em conversa com o escrivão Marcio informou a nossa equipe de reportagem www.solonopole.blogspot.com na última quarta-feira (10), que estará ausente por um período de 10 dias, pois irá trabalhar nas festividades de Cariús e que a nova delegacia de Solonopole não oferece condições de trabalho, faltando pessoal e material para limpeza além de ser feita a dedetização do prédio, ou seja, uma borrificação, pois tem muitos insetos, ajuste na encanação de água e que o delegado está doente também causado por estes insetos disse em off o escrivão que a unidade não oferece condições de trabalho. A equipe DEINF que veio fazer o ajuste das câmeras de monitoramento também estava se sentido prejudicado pelos insetos, com a pele irritada. A recepção da delegacia conta com um atendente que não tem ensino médio completo e, no prédio da cadeia pública tem uma pessoa que esta sendo auxiliar do escrivão contratada por uma empresa que presta serviço para o Governo do Estado por nome Monalisa do distrito de São José.
Segundo os vereadores Margelo Araújo e Rosineudo Lima líder da bancada do PMDB na câmara, Danilton Ferreira (PTB), Lenilton Pinheiro (DEM), disse que no inicio da semana passada, terça-feira, dia 13/07, esteve visitando “in loco” a delegacia e que esta também foi a informação passada pelo escrivão aos parlamentares que além desta, visitaram outras obras no município. Portanto, os edis disseram que a delegacia foi inaugurada na marra e que estar sem as mínimas condições de trabalho. Com informações do Blog Solonopole.

Três pessoas morrem e 13 ficam feridas nas rodovias que cortam o Estado

23 acidentes foram registrados. Nas últimas 24h foram registrados, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE), 23 acidentes, que deixaram 13 pessoas feridos e 3 vítimas. Na CE-368, km 42, município de Banabuiú, um caminhão tombou e o condutor, Ivamar Soares de Lemos, 28 anos, faleceu no local.
Um motociclista morreu, na CE-085, km 14, município de Caucaia, às 18h30 do sábado (13) após colidir frontalmente com um carro. A vítima foi identificada como Elivandro Perreira Pacheco. Outra colisão frontal, mas entre dois carros, fez Carlos Alberto Menezes Pacheco, 50 anos, vítima. O acidente ocorreu na BR-222, km 75, em São Luis do Curu, por volta das 21h. Leia mais: DN.

sábado, 13 de julho de 2013

Capotamento em Banabuiu: PMs e Bombeiros na luta de resgatar sobrevivente

Acidente Banabuiú - 12.07.13 (6)Na manhã do dia 13/07/2013 por volta das 02h30min, na CE:153, próximo a barragem do açude Arrojado Lisboa, em Banabuiu, um caminhão de cor vermelha e placas HZG 0210 – RN, capotou, nele estavam Ivamar Soares Lemos, de 28 anos, que veio a óbito no local e Cícero Leandro Ferreira Lima, de 48 anos, que sofreu apenas escoriações e foi socorrido ao hospital municipal de Banabuiu, onde foi medicado. PPMM da CP 1482, Cb Fco Claudemir Agrião Viana, Cb Francisco Ribeiro Neto, e Sd. Allyson Braga Ferreira, estiveram no local da ocorrência e providenciaram socorro ao ferido e acionaram uma equipe do corpo de bombeiros de Quixeramobim, para resgatar o corpo da vítima que estava preso nas ferragens e em seguida acionara pericia e rabecão do IML de Quixeramobim, para onde o corpo foi recolhido. Com informações do relatório de ocorrências do COPOM do 9º BPPM/CPI-Sul do dia 12/07/2013 (Sexta-feira) Turno “B” (Das 19H00 às 07H00). Fotos de Allysson Ferreira no Blog Diário Sertão Central do DN.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Editorial Em busca de indústrias

Estão sendo mais ativos os prefeitos empenhados na ideia de atrair indústrias para suas comunidades. Esses administradores no interior do Estado estão enfrentando uma realidade crítica: a cada ano, aumentam os encargos de responsabilidade do Município, enquanto suas fontes de receitas não reagem à altura.

A solução apontada para o dilema é promover a industrialização local. Com esse objetivo, em Banabuiú, no Sertão Central, os 15 membros da Associação Regional de Prefeitos se reuniram com membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Ceará, debatendo estratégias de desenvolvimento para a região, a partir das indústrias.

Esse movimento, impulsionado por prefeitos em início de mandato, demonstra uma visão diferente da prática então em voga, quando se acreditava na suficiência das cotas-partes mensais transferidas pela União, à conta do Fundo de Participação dos Municípios. Não havia esforço para dinamizar a receita tributária municipal, pela rarefeita ocorrência de fatos geradores na economia pobre.

O sistema tributário nacional, adotado pela Constituição de 1988, atribuiu ao Município a competência de lançar e arrecadar dois tributos: o Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza e o Imposto Predial. Ambos permitem formar boa receita nas maiores concentrações urbanas, onde há, exatamente, larga prestação de serviços e mercado imobiliário aquecido e em expansão.

Já as pequenas comunidades têm serviços limitados e a maioria de seus prédios é constituída de habitações antigas e de baixa renda, nas quais faltam benefícios como água tratada e esgotamento sanitário. Cobrar imposto predial de quem ocupa esse tipo de habitação precária é tarefa ingrata, sobretudo, porque toca na linha de agravamento da pobreza. Por outro lado, as atividades econômicas locais são poucas, a ponto de não se poder instalar uma cadeia lucrativa de prestação de serviços.

Por isso, a expressiva maioria dos pequenos municípios sobrevive com as transferências constitucionais do FPM e do giro comercial acionado, em cada comunidade, pela massa de salários dos servidores públicos e dos aposentados da Previdência Social. Quanto menor a localidade, maior a sua dependência dessas fontes estáveis de receitas. A indústria, por menor que seja, exerce papel decisivo na dinamização das economias locais, aumentando o consumo, proporcionando a abertura de empreendimentos e dando vigor ao comércio e aos serviços. Há sempre o risco de o município ficar com dependência econômica em relação à indústria implantada. Enquanto ela funciona regularmente, todos ganham. Em caso de insucesso, a economia e os habitantes sofrem seus efeitos negativos.

Ainda assim, vale arriscar. Os prefeitos do Sertão Central conheceram os benefícios proporcionados pelas indústrias no interior de São Paulo, quando foram conhecer o polo calçadista de Franca. Lá muitas indústrias de calçados informaram ter interesse em se transferirem para o interior do Ceará, atraídas pelos incentivos fiscais.

A legislação de 125 cidades, 68% dos 184 municípios do Ceará, contempla normas com atrativos para novas indústrias. São oferecidas basicamente isenções do Imposto Predial e do Imposto de Serviço, parciais ou totais, além da doação de terrenos para a localização dos projetos.

É preciso, em tempos difíceis, abrir caminhos para se ter uma saída econômica. Os prefeitos estão certos em apostar na interiorização das indústrias.Opinião. Leia mais: Diáriodonordeste.

Ataque ousado Quadrilha explode BB de Pentecoste outra vez

Foi o segundo ataque, do mesmo modo e na mesma agência em pouco mais de um ano. O bando nada roubou.
Pentecoste. Um grupo fortemente armado, invadiu esta cidade (88Km da Capital) e atacou a agência do Banco do Brasil (BB), na madrugada de ontem. O bando, formado por cerca de 12 pessoas, usou explosivos para arrombar o caixa-forte onde estavam dois cofres, que não foram danificados. O grupo portava fuzis e pistolas.

O prédio teve a estrutura destruída por conta do uso dos explosivos. Os bandidos atiraram de fuzil contra os militares que faziam a segurança da cidade Foto: Alex Costa.

No momento da fuga, os assaltantes trocaram tiros com policiais militares lotados na 4ª Companhia do 11ºBPM. O resultado do tiroteio foram avarias em duas viaturas, no portão e nas paredes do prédio onde funciona a unidade da Polícia Militar na cidade.

Ao tomar conhecimento do crime, ainda durante a madrugada, o tenente-coronel Wellington Alves, comandante do 11ºBPM, se dirigiu a Pentecoste. Com o comandante da 4ª Companhia do Batalhão, eles flagraram moradores tentando violar os caixas eletrônicos. Essas pessoas fugiram quando viram os policiais se aproximando.

Saqueadores Enquanto uns tentavam retirar dinheiro dos caixas eletrônicos, outros populares aproveitaram o fato de a agência estar novamente danificada e levaram computadores e alguns documentos. "Esses equipamentos logo serão recuperados. Ao ser ligado novamente, o IP (número de identidade do equipamento) permite que o computador seja rapidamente localizado", salientou o tenente-coronel Wellington.

Pela manhã, o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Romério Moreira de Almeida, chegou à cidade e examinou as imagens do circuito interno de segurança. De imediato, Romério Almeida reconheceu que um dos bandidos é responsável pelos explosivos e é conhecido por "Barrinha" ou "Irmão".

Os bandidos entraram na agência por volta de 2h40 e passaram 14 minutos dentro do prédio. O delegado confirmou que o suspeito participou da ação criminosa, contra a mesma agência, no ano passado. "Ele também agiu em Tejuçuoca, Apuiarés, São Gonçalo do Amarante e Banabuiú", acrescentou.

Mais um Este foi o segundo ataque àquela agência bancária. O primeiro ocorreu no dia 10 de abril do ano passado. Ontem fez exatamente um ano e três meses que bandidos, também fortemente armados, invadiram Pentecoste. Ontem, os moradores viveram novamente momentos de pânico.

Dessa vez, o prédio teve a estrutura novamente abalada, sendo mais acentuadas as avarias na lateral do prédio. No ano passado, a explosão provocou o arremesso de uma grade em direção ao estacionamento do Hospital Municipal.
Fernando Barbosa - Repórter Diário do Nordeste.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Governo inaugura sistema de água de Ibicuã, em Piquet Carneiro

O Governo do Estado do Ceará inaugura nesta quarta-feira (10), às 19 horas, o sistema de abastecimento de água de Ibicuã, em Piquet Carneiro, na região Centro-Sul. A solenidade integra as comemorações pelo aniversário do município e contará com a presença do Secretário das Cidades Camilo Santana, representando o Governador do Estado, Cid Gomes.
A implantação do sistema foi executada pela Cagece e recebeu um investimento cerca de R$ 1,72 milhão, com recursos do Programa KFW II. Foram beneficiados 2.484 habitantes, por meio de 675 ligações de água e de 10.473,14 metros de rede de distribuição.
O sistema ainda consta de 5.883 metros de adutora de água bruta e 126 metros de adutora de água tratada. Além disso, foram construídos uma Estação de Tratamento de Água, uma captação de água no açude Bolsão, um reservatório apoiado (com capacidade para 100 metros cúbicos) e um reservatório elevado (com capacidade para 110 metros cúbicos).
O sistema de abastecimento é gerido pelo Sistema Integrado de Saneamento Rural da Bacia do Banabuiú (Sisar-BBA).
Serviço:
O que – inauguração do sistema de abastecimento de Ibicuã (Piquet Carneiro).
Quando – dia 10.07.13, às 19 horas.
Local – Rua Mundauva Pinheiro, S/N – distrito de Ibicuã – em Piquet Carneiro.
 Assessoria de imprensa da Cagece: (85) 3101-1826  (85) 3101-1828. Leia mais: www.ceara.gov.br

"Mais Médicos" 128 municípios cearenses receberão médicos do novo programa do governo federal



Secretário da Educação Superior do MEC, Paulo Speller (à esquerda), e o o ministro da Saúde, Alexandre Padilha (à direita). Foto: Bruno de Castro/ O POVO

128 municípios do Ceará receberão médicos que atuarão na atenção básica da rede pública de saúde, anunciou em coletiva na manhã desta terça-feira, 9, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A medida faz parte do programa "Mais Médicos" do governo federal, que tem o objetivo de aumentar o número de médicos em periferias de grandes cidades, municípios de interior e no Norte e Nordeste do país.

Ao todo, serão beneficiados com o programa em todo Brasil, 1.557 municípios, sendo 1.042 no Nordeste. Segundo Alexandre Padilha, esses municípios são, inicialmente, prioridades do programa. No entanto, qualquer cidade pode se inscrever.

Diante das críticas feitas por entidades médicas, Alexandre Padilha afirmou que falta mais conhecimento do Programa Mais Médico por parte dos profissionais da saúde. Em protesto às medidas do programa, o Sindicato dos Médicos do Ceará anunciou, nesta terça-feira, 9, uma possível paralisação nacional da classe médica.

"Estamos muito seguros do ponto de vista jurídico quanto ao texto da Medida Provisória (que cria o Programa). Acho que as entidades médicas poderiam ler (o texto da MP) e fazerem uma avaliação antes de qualquer menção de contestação. Eu acho que criticam porque não leram o texto", disse Padilha.

Outra medida do programa é que os alunos que ingressarem nos cursos de Medicina a partir de 2015 terão de atuar dois anos no Sistema Único de Saúde (SUS) para receber o diploma.
"Estamos fazendo um processo de mudança na formação do médico brasileiro. E isso não tem nada a ver com serviço social obrigatório. É para melhorar a formação que propomos esses dois anos de atuação na atenção básica e na urgência e emergência (para os estudantes que ingressarem a partir de 2015)", disse o ministro.
Leia também
Ele reafirmou que a prioridade do governo é preencher as vagas com profissionais brasileiros. "Estamos deixando claro que o programa não vai tirar vagas de médicos brasileiros, pelo contrário, vai gerar mais empregos para esses profissionais. Com os investimentos de mais de R$ 7 bilhões em infraestrutura que já estão em andamento, e mais de R$ 5 bilhões previstos, serão abertos 35 mil postos de emprego nessa área no Brasil", afirmou.
Padilha acrescentou que, ao avançar no tema, o governo está "enfrentando tabus", como a ideia de que sobram médicos no Brasil e que o problema é a distribuição. "Estamos mostrando, com dados concretos, que faltam médicos no Brasil, não só na comparação com países europeus, mas com países aqui do lado, como a Argentina e o Uruguai", disse, enfatizando que países desenvolvidos que implantaram programas semelhantes também enfrentaram resistência em um primeiro momento.
Dados do ministério apontam que há no Brasil 1,8 médico por mil habitantes, enquanto na Argentina a proporção é 3,2; no Uruguai, 3,7; em Portugal, 3,9; e no Reino Unido, 2,7.
"Vamos continuar dialogando [com os profissionais], montamos um grupo de trabalho com entidades médicas, mas a questão é que faltam médicos no Brasil e a culpa não é dos médicos brasileiros. Mas o único interesse que temos que observar são as necessidades de saúde da população", acrescentou.
Os 128 municípios cearenses que receberão profissionais médicos pelo programa Mais Médicos, do Governo Federal:
Abaiara, Acaraú, Acopiara, Alcântaras, Altaneira, Alto Santo, Amontada, Antonina do Norte, Araripe, Arneiroz, Assaré, Aurora, Baixio, Banabuiú, Barreira, Barro, Barroquinha, Beberibe, Bela Cruz, Boa Viagem, Camocim, Campos Sales, Canindé, Capistrano, Caridade, Cariré, Caririaçu, Cariús, Carnaubal, Cascavel, Catarina, Caucaia, Cedro, Chaval, Choró, Chorozinho, Coreaú, Crateús, Crato, Croatá, Cruz, Ererê, Fortaleza, Frecheirinha, General Sampaio, Granja, Guaiúba, Guaraciaba do Norte, Hidrolândia, Ibaretama, Ibiapina, Icó, Iguatu, Independência, Ipaporanga, Ipaumirim, Ipu, Ipueiras, Iracema, Irauçuba, Itapagé, Itapiúna, Itarema, Itatira, Jaguaretama, Jardim, Jati, Juazeiro do Norte, Jucás, Lavras da Mangabeira, Madalena, Marco, Martinópole, Massapê, Mauriti, Milagres, Miraíma, Mombaça, Monsenhor Tabosa, Morada Nova, Moraújo, Morrinhos, Mucambo, Mulungu, Nova Russas, Novo Oriente, Ocara, Orós, Pacajús, Palmácia, Paraipaba, Parambu, Paramoti, Pedra Branca, Penaforte, Pentecoste, Pereiro, Piquet Carneiro, Pires Ferreira, Porteiras, Potengi, Quixadá, Quixelô, Quixeramobim, Redenção, Reriutaba, Saboeiro, Salitre, Santa Quitéria, Santana do Acaraú
Santana do Cariri, São Benedito, São Luís do Curu, Senador Pompeu, Senador Sá, Solonópole, Tamboril, Tarrafas, Tauá, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umari, Uruburetama, Uruoca, Varjota, Várzea Alegre, Viçosa do Ceará
Redação O POVO Online com informações do repórter enviado a Brasília, Bruno de Castro, e Agência Brasil.

Ano de seca Mais 11 cidades podem entrar em crise de abastecimento

A estimativa é apontada pelo relatório da Comissão da Seca, da Assembleia Legislativa, com dados do Governo.
O uso desse recurso , que teve início pela zona rural, agora se faz imprescindível na área urbana em diversas localidades. O aumento da demanda decorre, principalmente, porque mais reservatórios estão no nível crítico de capacidade hídrica

Carros-pipa e poços artesianos são as principais alternativas na falta de água Fotos: Alex Pimentel
A diferença entre mal e pior na situação de seca no Ceará será medida em um ponto fundamental: abastecimento de água pelos órgãos públicos. Neste segundo semestre do ano que inicia a previsão é chover pouco ou quase nada no sertão cearense. Além dos 32 municípios que já precisam de complementos para garantir abastecimento (há rodízio nessa lista), outros 11 entrarão nesse "colapso" de abastecimento até setembro, caso não haja alternativa. E mesmo estiagem e seca serem fenômenos tradicionais, a demora na concepção (e, depois, operação) de políticas públicas para atendimento revelam um quadro mais pessimista que os próprios prognósticos anuais de chuvas.

De acordo com levantamento do Grupo de Trabalho formado por Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), Cagece e Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), podem entrar em colapso de abastecimento em pouco mais de um mês os seguintes municípios:Acopiara, Alcântaras, Aratuba, Guaramiranga, Mulungu, Nova Russas, Parambu, Potiretama, Pindoretama, Potengi e Tauá.

Já estão nessa situação Antonina do Norte, Beberibe, Caridade, Crateús, Irauçuba, Itatira, Milhã, Pacoti, Quiterianópolis e Salitre. A situação muda conforme o abastecimento, que se dá principalmente por meio dos carros-pipa, que pegam água dos açudes. Ontem, o volume de água armazenado era de 43,4% da capacidade. Pelo menos 64 açudes cearenses (quase metade dos reservatórios) estão com menos de 30% de água acumulada.

As exceções são o açude Curral Velho, no município de Banabuiú, com 98,04%, e o Gavião, em Pacatuba, com 93,09%. Mas é preocupante a situação de açudes como o Faé, na cidade de Quixelô, com apenas 8,62% da capacidade, e o açude Umari, em Madalena, com 5,63% da capacidade. Os dois reservatórios fazem parte das bacias hidrográficas do Acaraú e Banabuiú, respectivamente.

O diretor de operações da Cogerh, Ricardo Adeodato, prefere não usar o termo colapso, mas admite que a situação é preocupante e um alerta para que as próprias residências atentem para a necessidade de economizar. "Não estamos nos furtando de admitir o problema da falta d´água, mas se o município não pode mais depender só de açude, usamos os outros complementos, como poços artesianos e os carros-pipa. Mas não existe ninguém sendo desabastecido de água para beber", afirma.

Contaminação O volume dos açudes Faé e Umari é baixo, mas a depender da condição para que sejam fontes de abastecimento (inclusive dos carros-pipa), o número é zero. Quanto menor o volume de um açude, maior é a concentração de substâncias e, portanto, o risco de poluição. E os casos de contaminação da água já apontam para além dos 28 municípios diagnosticados pela Secretaria de Saúde do Estado em maio deste ano. O questionamento das poluições, por sua vez, é dividido entre Defesa Civil do Estado e Exército Brasileiro, cada qual responsável por diferentes municípios e, assim, pelo transporte de água captada. "Nosso contrato com a empresa responsável (Cagece ou Saae) é que só podemos repassar a água se for comprovadamente potável. Nos municípios na nossa cobertura é assim", afirma o coronel Silvio Tavares, coordenador Estadual da Defesa Civil do Estado.

Dinâmica Conforme Ricardo Adeodato, da Cogerh, até mesmo a estimativa de novos municípios com crise no abastecimento é pontual e dinâmica. "Quando alertamos para o nível crítico dos municípios estamos simulando a pior situação: a maior evaporação, a menor recarga, e isso é dinâmico. Temos chuvas pontuais, e acompanhar esse fluxo nos permite fazer a gestão dos recursos hídricos de forma inteligente", observou.

Uma das estratégias, defendida pela Cogerh, é a construção de adutoras de engate rápido. Isso já está sendo feito em Milhã, Crateús e mais sete municípios do Ceará.

Mais Informações Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos - Cogerh
Endereço: Rua Adualdo Batista, 1550 - Parque Iracema, Fortaleza. Telefone (85) 3218.7020

MELQUÍADES JÚNIOR Repórter DN.

Grande forrozão no caldeirao de Banabuiu

O grande forrozão no caldeirão do forró na cidade de Banabuiú acontecerá no dia 09 de agosto com 7 horas de forró. A animação fica por conta das Bandas Toca do Vale & Eita Forrozão com participação de Aroldo & Forró Quentão e também de Rodolpho Gomes. Venha e convide os amigos a marcar presença nesta grande festa.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Banabuiu realiza banartes de 04 a 06 de julho

Uma das grandes maiores festas do sertão central acontece na cidade de banbuiú com a tradicional Banartes “tudo junto e misturado” que acontecerá no periodo de 04 a 06 de Julho. As atrações deste ano serão: No dia 04/07/2013, Aroldo e Forró Quentão, Charles Gomes e Tabacana; No dia 05/07/2013, Pisada Nossa, Fran e Diego, Forró seu Minino, Forró Bombado; No dia 06/07/2013, Forró A3, Pisada Forrozeira, Forró Badalo, Chapéu Virado.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Interiorização da indústria Prefeitos do Sertão Central debatem desenvolvimento

Além da manutenção dos recursos hídricos, gestores apresentam pauta para a industrialização.

Banabuiú. Prefeitos de municípios do Centro do Estado se reuniram em Banabuiú para discutir com o secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado, Alexandre Pereira, que representa o Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Cede), estratégias de desenvolvimento para a região. Dos 15 membros da Associação dos Municípios do Sertão Central (Amusc), compareceram apenas cinco. Mesmo assim o secretário entendeu o anseio do grupo. Querem a implantação de indústrias e redução nas alíquotas dos impostos.

Açudes e manejo da água já não bastam. Indústrias são pleitos atuais dos prefeitos da Região

A decisão pela implantação das indústrias surgiu a partir de uma visita dos prefeitos membros da Amusc ao polo calçadista de Franca, em São Paulo. Os empresários daquela região demonstraram interesse em expandirem o know-how para o Interior do Ceará. Entretanto, além dos calçados, confecções e artigos esportivos estão entre as linhas produtivas almejadas pelos municípios, explicou a secretária da Associação, Valdênia do Nascimento. Agora, o planejamento começa a se concretizar, em mais uma reunião ordinária da entidade, dessa vez com o secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado.

Para o prefeito de Banabuiú, Veridiano Sales, a implantação de indústrias é uma das melhores alternativas para o desenvolvimento do seu município. Apesar de ter uma ótima estrutura hídrica, com o segundo maior açude do Estado, tendo na pesca um importante potencial econômico, ele acredita na implantação de um polo industrial como a principal alternativa para a criação de frentes de trabalho e o renda per capta de seus munícipes. Em contrapartida, além do terreno, água e asfalto já estão disponíveis.

Conquista Sales espera conquistar através da Cede recursos da ordem de R$ 5 milhões para a construção do polo industrial. Na área disponibilizada pelo município, cerca de 4 quilômetros do centro da cidade, para evitar poluição do rio, será necessária toda a infraestrutura, da água encanada à construção de 10 galpões. Neles funcionarão 10 empresa, com a média de 100 empregos diretos em cada uma delas. A expectativa do início da implantação é para no máximo o fim do ano, acrescentou. A Prefeitura de Ibaretama pretende implantar uma indústria de reciclagem. Conforme a prefeita Elíria Queiroz, quando a fábrica de resíduos plásticos começar a funcionar nos seu município serão abertas 50 vagas de trabalho.

Dentro de dois anos o número de operários deverá dobrar. Para uma cidade onde mais de 60% dos 22.950 habitantes se concentram na área urbana, além de ecologicamente correta a unidade de processamento de plástico reciclável fortalecerá a economia local.

Ela e os prefeitos de Quixadá, João Hudson Bezerra, de Choró, Antônio Mendes, conhecido por Dé, de Solonópole, representado pelo seu vice, Carlos Kleber Chaves, e Veridiano Sales esperam apoio dos gestores dos demais membros da Amusc para consolidarem os empreendimentos em seus municípios.

Boa Viagem, Deputado Irapuan Pinheiro, Ibicuitinga, Madalena, Milhã, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixeramobim e Senador Pompeu completam o grupo. No Encontro, Alexandre Pereira se comprometeu em receber todos os prefeitos associados à Amusc em Fortaleza, no inicio de agosto, para definirem quais as potencialidades da região e de qual forma compartilhá-las em benefício de todos, e juntos criarem o plano estratégico de desenvolvimento. Conforme afirmou, somente com a cadeia produtiva fortalecida será possível manter os empreendimentos.

Coincidentemente, tem início nesta quarta-feira, em Banabuiú, a Feira de Cultura e Artes, conhecida como Banartes. Além de preservar a cultura local o festival especial também busca o fortalecimento econômico da cidade através do artesanato e da gastronomia. A abertura da Banartes está prevista com um cortejo a cavalo. O tema da 17ª edição será "Tudo junto misturado - O grande encontro".

Mais informações: Associação dos Municípios do Sertão Central, Telefone: (88) 9634.8261
Cede: Telefone: (85) 3101.1576

ALEX PIMENTEL Colaborador do Diário do Nordeste.

Oportunidades "Somente com oportunidades concretas podemos melhorar a qualidade de vida do povo da nossa região" Veridiano Sales Prefeito de Banabuiú

"Precisamos criar uma estrutura de desenvolvimento sustentável, onde todos sejam beneficiados" Alexandre Pereira Presidente do Cede

MUTIRÃO Semana do MEI vai até o próximo sábado no Ceará

O evento tem uma extensa programação e deverá beneficiar cidades de todas as regiões do Estado.

Se você quer montar uma pousada, um pequeno restaurante ou melhorar o negócio que já tem, precisa participar da V Semana do Microempreendedor Individual (MEI). O evento acontece até o próximo sábado, com programação especial em mais da metade das cidades cearenses.

A Semana do Microempreendedor Individual é uma chance de melhoria para quem tem negócios formalizados e para quem está na informalidade. Foto: Divulgação.

Pela quinta vez consecutiva, o evento nacional, que tem à frente o Sebrae, promete movimentar os municípios, realizando, simultaneamente, oficinas do SEI-Sebrae Empreendedor Individual, além de consultorias gerenciais, palestras, cursos e atendimento individualizado.

A semana foi criada com o objetivo de incentivar a forma-lização e facilitar o atendimento dos microempreendedores individuais. Por isso, até sábado, tanto os empreendedores que ainda estão na informalidade poderão aproveitar para legalizar seus negócios quanto os que já estão devidamente formalizados terão a oportunidade de participar de ações de informação e capacitação, com o objetivo de aumentar a competitividade de seus empreendimentos.

No Ceará, a programação especial da Semana do Microempreendedor Individual vai acontecer nas seguintes localidades: Novo Oriente, Crateús, Tauá, Ipaporanga, Independência, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Nova Russas, Catunda, Santa Quitéria, Iguatu, Orós, Icó, Acopiara, Lavras da Mangabeira, Cedro, Ipaumirim, Jucás, Catarina, Cariús, Saboeiro, Antonina do Norte, Piquet Carneiro, Quixelô, Sobral, Aracati, Canoa Quebrada, Majorlândia, Quixaba, Fortim, Itaiçaba, Icapuí, Beberibe, Cascavel, Pindoretama, Quixadá, Banabuiú, Choró, Ibicuitinga, Boa Viagem, Pedra Branca, Madalena, Itatira, Milhã, Solonópole, Senador Pompeu, Quixeramobim, Aratuba, Baturité, Mulungu, Pacoti, Palmácia, Redenção, Itapipoca, Itapajé, Barbalha, Barro, Brejo Santo, Campo Sales, Caririaçu, Crato, Farias Brito, Juazeiro do Norte, Nova Olinda, Santana do Cariri, Palhano, Jaguaruana, Quixeré, Potiretama, Iracema, Russas, Limoeiro do Norte, Ererê, Pereiro, Jaguaribe, Jaguaretama, Tabuleiro do Norte, Alto Santo, São João do Jaguaribe, Caucaia, Canindé, Horizonte, Maracanaú, Tianguá, Guaraciaba do Norte, Ubajara, Ipueiras, Carnaubal, Ibiapina, Hidrolândia, Frecheirinha, São Benedito, Pires Ferreira, Ipu, Viçosa do Ceará e Croatá.

Em Fortaleza, além da sede do Sebrae, na Avenida Monsenhor Tabosa, estão instaladas unidades de atendimento na Central Fácil, Espaço do Empreendedor e, ainda, nos bairros do Canindezinho, Conjunto José Walter, Antônio Bezerra, Henrique Jorge, Demócrito Rocha, Panamericano, Vila Velha, Parque Santana, São Miguel, Barra do Ceará e Mucuripe, além do Vicente Pinzón. Central de Relacionamento do Sebrae: 0800.5700800.
Fonte: Diário do Nordeste.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Prefeitos e Secretário de Desenvolvimento Econômico pretende viabilizar investimentos para região

Amusc_logo
Reunião entre Secretário de Desenvolvimento Econômico e prefeitos da região visa a identificar potencialidades e articular empreendimentos.

A Associação dos Municípios do Sertão Central (AMUSC) realiza nesta quarta-feir,03, reunião entre seus prefeitos e o Presidente do Conselho Estadual
de Desenvolvimento Econômico (CEDE), Alexandre Pereira. A entidade, que congrega 15 municípios da região, pretende, a partir do encontro, identificar potencialidades para atrair novos empreendimentos para os municípios da região.

Durante o encontro, o Secretário Alexandre Pereira apresentará a estrutura do CEDE e o trabalho para articular novos investimentos para o estado e a
região. O Conselho trabalha também na criação dos pólos de desenvolvimento regional, de modo a fomentar novos negócios no interior do estado, gerando emprego e renda para a população. Após a apresentação, os prefeitos entregarão ao Secretário algumas reivindicações de investimentos para os municípios.
Para o Presidente da AMUSC, Veridiano Sales (prefeito de Banabuiú), o encontro é importante para orientar gestores a aumentar o potencial de desenvolvimento de seus municípios. "Queremos buscar as melhores condições para o nosso crescimento. O sertão central precisa de mais empresas, indústrias, empregos, essa aproximação com o Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico é importante pra nossa região", afirma Veridiano.

Os municípios que fazem parte da entidade são: Banabuiú, Boa Viagem, Choró, Deputado Irapuan Pinheiro, Ibaretama, Ibicuitinga, Madalena, Milhã, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Solonópole. A reunião será aberta ao público e acontecerá no Auditório Antônio Sales Magalhães, em Banabuiú.
Serviço: Encontro da AMUSC com Presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento EconômicoData: 03/07/13 (quarta)Hora: 09hLocal: Auditório Antônio Sales Magalhães - Rua Irmã Tavares, s/n, Centro, Banabuiú
Leia mais no site Revistacentral.

Regional Ração animal Sertão Central começa a receber milho

Quixadá. Pequenos produtores e agricultores familiares começam a procurar as unidades da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) à procura do milho doado pelo Governo Federal para amenizar os efeitos da seca no Estado. Os primeiros municípios atendidos são do Sertão Central. Segundo a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), a logística para entrega dos grãos nas macrorregiões é de responsabilidade da Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa).

Preço do milho tem agradado à população. A saca de 60 quilos do grão está sendo revendida a R$ 18,20 para os agricultores familiares e a R$ 21,00 para os médios e grandes produtores rurais da região FOTO: ALEX PIMENTEL.

A Ceasa está atendendo ao cronograma de entrega no Estado de acordo com a demanda de cada região. A Ematerce se encarrega da distribuição. Conforme o presidente da Ematerce, engenheiro agrônomo José Maria Pimenta, as 123 toneladas de milho destinadas à região dos Sertões de Canindé já estão sendo distribuídas pelo escritório regional da empresa no município de Canindé. Dali, a distribuição está sendo feita para Caridade, Paramoti e Itatira. Ontem, pela manhã, o trem com as sacas do produto chegou a Quixeramobim. Amanhã, dia 3, o escritório local deverá iniciar a entrega aos pronafianos e aos pequenos produtores da região.

No total, 569 agricultores nos Quixeramobim, Madalena e Boa Viagem serão beneficiados com 514,2 toneladas de milho. "Todos os municípios do Ceará serão atendidos pelos 20 postos regionais da Ematerce. Estamos procurando agilizar a entrega", garantiu José Maria Pimenta.

A expectativa de chegada do produto a Quixadá era para a noite do último domingo, 30 de junho, em 12 vagões. Além deste município, a carga deverá atender a Banabuiú, Choró e Ibaretama. Em Quixadá, 407 pequenos produtores já pagaram seus boletos. Receberão 277 toneladas de milho. Entretanto, haverá segunda remessa para a região.

Cadastro Mais produtores poderão se cadastrar, explicou a coordenadora do escritório da Ematerce em Quixadá, Maria das Graças Lopes. Segundo técnicos da Ematerce no Sertão Central, o milho está sendo comercializada pelos atacadistas da região ao preço médio de R$ 45 a saca de 60 kg.

Com a notícia da chegada da carga à região alguns já estão baixando o preço da saca para R$ 42, mas quem esperar mais um pouco poderá economizar mais de 50%. A saca de 60 quilos está sendo vendida a R$ 18,20 para os agricultores familiares e a R$ 21 para os médios e grandes produtores rurais.

O agricultor João Batista Moreira, da comunidade de Cipó dos Anjos, na zona rural de Quixadá, aguarda com expectativa a chegada da carga. Mais ainda os bichos dele. O resto do seu rebanho caprino não morreu porque as chuvas de junho aliviaram o pasto. Quando o milho for misturado a ração vão poder aguentar um pouco mais. Mas as cinco sacas compradas por ele não serão suficientes para garantir a alimentação dos animais até o início da próxima quadra chuvosa, ressaltou.

De acordo com o secretário estadual do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, até o fim de julho todas as 30 mil toneladas doadas pelo Governo Federal serão distribuídas para os produtores cearenses em todos os municípios do Interior. A distribuição deverá prosseguir até o fim do ano. "O Governo Federal assumiu o compromisso de enviar ao Estado 60 mil toneladas de milho a cada 60 dias", disse.

Nelson Martins destacou a necessidade do apoio das prefeituras para o milho chegar o mais rápido possível aos criadores. As próximas regiões atendidas serão Sobral, os Inhamuns e o Cariri. "As administrações municipais devem disponibilizar a logística de distribuição do milho. O dinheiro da venda do milho será utilizado para custear o transporte ferroviário para os municípios e também para investir na produção de forragem no Ceará como uma alternativa para a alimentação dos rebanhos", destacou o secretário Martins.

Mais informações Ceasa de Maracanaú, Telefone: (85) 3299.1200
Ematerce - Fortaleza, Av. Pereira Filgueiras, 825, Telefone: (85) 3101.2416

Alex Pimentel - Colaborador Diário do Nordeste.