sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Válvulas do açude de Banabuiú são abertas para liberar água para o Baixo Jaguaribe; veja o vídeo

Liberação é de 1.645 litros de água por segundo, por até vinte dias. Liberação é de 1.645 litros de água por segundo, por até vinte dias.

Banabuiú. Já estão abertas desde a tarde da última quinta-feira (4) as válvulas do açude Arrojado Lisboa, localizado neste Município, para liberar água para a comunidade ribeirinha de cidades vizinhas e para a população da região do Baixo Jaguaribe. A vazão deve continuar por até vinte dias.

A decisão em liberar a água foi tomada em reunião, na última terça-feira (2) com membros do comitê da bacia hidrográfica do Banabuiú. A decisão era de 2 mil litros por segundo mas de acordo com o chefe do escritório do Departamento Nacional de Obras Contra às Secas (Dnocs) de Banabuiú, José Ariston Queiroz, o volume liberado é de apenas 1.645 mil litros por segundo. “A água já chegou a um volume muito baixo e as válvulas não têm mais pressão para liberar a água”, argumentou Ariston.

Válvulas foram abertas na última quinta (4) por técnicos da Cogerh (Fotos: José Avelino Neto)Válvulas foram abertas na última quinta (4) por técnicos da Cogerh (Fotos: José Avelino Neto).

Na reunião da última terça, realizada no auditório do campus do Instituto Federal de Educação (IFCE) de Quixadá, o gerente regional da Companhia Cearense de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), Luis César, não era possível saber até onde a água iria chegar. “Essa é uma descarga emergencial mas é preciso intensificar a fiscalização contra barramentos e desvio ilegal de água pelo rio que vai ser perenizado”, disse. Luis César garantiu, com base em estudos técnicos feitos pela Cogerh que, mesmo com a vazão, o açude de Banabuiú ainda terá o equivalente a 0,4% de sua capacidade até o final de março de 2017. O Diário do Nordeste deu detalhes da reunião em uma matéria da edição da última quarta-feira (3).
Dados
De acordo com informações do Portal Hidrológico do Ceará o reservatório encontra-se, atualmente, com 11 milhões e 600 mil litros, o que corresponde a 0,72% de sua capacidade total. De acordo com presidente da Bacia do Banabuiú, Francisco Edison Melo, os representantes da cidade que decidem pela não liberação da água, representa uma pequena minoria frente aos demais representantes. “Por isso, nas votações, não temos força para decidir que não pode liberar”, argumentou, na última terça.

A bacia do Banabuiú é formada por 19 açudes de 12 municípios. O total de água armazenada nos reservatórios equivale a 2,71%, o terceiro mais baixo volume entre todas as bacias hidrográficas da Cogerh. A primeira é a do Baixo Jaguaribe, com 0,25% e a outra é a bacia do Curu, com 2,52%.
Leia mais em http://blogs.diariodonordeste.com.br/sertaocentral/acude/valvulas-do-acude-de-banabuiu-sao-abertas-para-libera-agua-para-o-baixo-jaguaribe/

Nenhum comentário:

Postar um comentário