terça-feira, 23 de agosto de 2016

Clientes formam fila no BB de Banabuiú na noite anterior para conseguir atendimento

Clientes começam a fomar fila ás 20h da noite anterior para serem atendidos na manhã seguinte (Fotos: José Avelino Neto).

Banabuiú. Moradores deste Município da região central cearense, que precisam de atendimento com o gerente ou com bancários do Banco do Brasil da cidade, estão dormindo em frente ao Banco para poder garantir uma vaga no atendimento do dia seguinte. De acordo com o relato dos clientes, a situação já estaria acontecendo há uma semana.

Clientes reclamam que número de senhas diárias é insuficiente para a demanda.

Boa parte das pessoas são candidatos a vereadores que precisam agilizar a abertura de contas para a campanha, conforme as regras da Justiça Eleitoral. O agricultor Edvardo Florêncio de Almeida, 71 anos, foi o primeiro a chegar na noite da última segunda-feira (22) ao lado de fora do Banco. Às 20h, ele já estava esperando a distribuição de senhas, que só aconteceu às nove da manhã desta terça-feira (23). “Os nossos direitos não são respeitados. Passei a noite sem dormir, sem comer, com muriçoca, correndo perigo passando a noite aqui fora”, disse o agricultor.

Antônio Wilson da Silva, 45 anos, trouxe a esposa para marcar uma vaga para outra pessoa. A esposa dele também fez o mesmo. Ele passou a noite em claro, protegendo ela de alguma coisa que acontecesse, enquanto a mulher dormiu sobre um pedaço de papelão, quase na entrada do estabelecimento, tentando se livrar do frio. “É uma situação horrível. Desde 10 horas da noite que eu estou aqui e não dormi nada”, declarou.

Situação se repete na cidade há duas semanas, segundo os moradores.

O pastor Antônio Alves, teve que terminar o culto mais cedo para garantir uma senha e ser atendido. “Nunca tinha vivenciado uma situação como essa: ter que virar a noite para conseguir pegar uma vaga e ser atendido”. Ele conta que no último domingo, chegou 2h40 da manhã e já havia o número de pessoas que preenchiam o total de vagas.

Os populares contam que o Banco do Brasil só distribui dez senhas para atendimento interno. O número, segundo eles, não seria suficiente para atender os clientes e pessoas que precisam resolver pendências dentro de um prazo determinado. Moradores próximos ao Banco, que fica na rua Demócrito Pinto, contam que há duas semanas pessoas têm dormido do lado de fora para garantir um lugar na fila do atendimento.

Em nota, o Banco do Brasil respondeu que agência de Banabuiú “tem apresentado uma grande demanda para a abertura de contas para as eleições de 2016”. De acordo com o Banco, até esta terça-feira (23) 40 contas já haviam sido abertas. “O processo envolve providências e procedimentos específicos, bem como consultas e conferências de documentos durante o atendimento para que, ao término da abertura da conta, o candidato já possua a senha e acesso ao seu gerenciador financeiro e esteja apto a movimentar a conta”. Por fim, o banco esclareceu que segue sua legislação e que adota “as providências necessárias para assegurar o melhor e mais rápido atendimento possível à luz das circunstâncias, ressaltando que este período inicial está sendo constantemente acompanhado e reavaliado para proporcionar a satisfação de nossos clientes atuais e futuros”.

Blog Diário Sertão Central - DN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário