quinta-feira, 7 de abril de 2016

ELEIÇÕES 2016 TRE-CE estende prazo para recadastramento biométrico até 4 de maio

Os municípios com maior número de títulos cancelados foram: Maracanaú (40 mil); Crato (20 mil); Iguatu e Itapipoca (17 mil cada); Tianguá (12 mil); Barbalha e Horizonte (10 mil cada). Foto Divulgação/TRE.

No mês passado, cerca de 250 mil títulos foram cancelados nos 46 municípios que encerraram a revisão eleitoral.

Para os eleitores que perderam o prazo de recadastramento biométrico obrigatório nos 46 municípios cearenses, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) estendeu o prazo até o dia 4 de maio.

Em nota, o órgão reforçou a importância da presença dos eleitores aos cartórios eleitorais para que sejam evitadas longas filas e para que não percam o novo prazo. No mês passado, cerca de 250 mil títulos foram cancelados nos 46 municípios que encerraram a revisão eleitoral.

De acordo com o TRE-CE, os municípios com maior número de títulos cancelados foram: Maracanaú (40 mil); Crato (20 mil); Iguatu e Itapipoca (17 mil cada); Tianguá (12 mil); Barbalha e Horizonte (10 mil cada).

Municípios cearenses - O recadastramento biométrico obrigatório de eleitores deve ser realizado nos seguintes municípios: Amontada, Aratuba, Barbalha, Baturité, Bela Cruz, Brejo Santo, Capistrano, Cariré, Farias Brito, Frecheirinha, Granjeiro, Groaíras, Horizonte, Itaitinga, Itapiúna, Itarema, Maracanaú, Miraíma, Mulungu, Nova Olinda, Paraipaba, Porteiras, Santana do Cariri, Tianguá, Várzea Alegre, Altaneira, Banabuiú, Caridade, Caririaçu, Cariús, Crato, Irauçuba, Itapagé, Itapipoca, Jardim, Jati, Jucás, Marco, Meruoca, Missão Velha, Ocara, Paramoti, Penaforte, Quixeré, Tejuçuoca e Viçosa do Ceará.

Nestes municípios, o atendimento ao eleitor acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas. Em Fortaleza e nos demais municípios cearenses, a coleta de dados biométricos não é obrigatória para as eleições deste ano. Portanto, não há necessidade de comparecimento aos cartórios daqueles eleitores que estão com os títulos regulares.
Redação O POVO Online.

Nenhum comentário:

Postar um comentário