terça-feira, 24 de novembro de 2015

Consumado fato: Vice-prefeito de choró faleceu

Sidney Cavalcante, vice-prefeito de Choró, é mantido refém em prédio da prefeitura (Foto: Reprodução/Facebook)Foi confirmado do crime passional do Vice-prefeito de Choró que faleceu por volta de meio dia e, quando o Gate chegou por volta das 13 horas o acusado deu um tiro na sua própria nuca e foi socorrido pra Fortaleza, segundo Marcolino Borges da pioneira Fm de Choró em entrevista ao programa João Inácio Junior na Rádio Verdes Mares de Fortaleza por telefone. Há informa porque o acusado de executar o vice-prefeito porque o acusado teria descoberto que o vice-prefeito estava tendo um caso com uma funcionária da prefeitura esposa do acusado e executou o vice-prefeito com 16 disparos. O acusado estava deitado debaixo do birô a espera do vice-prefeito. Segundo o radialista Marcolina colhendo as informações da delegada "O acusado por nome de Junior de 45 anos da cidade de Jaguaretama, matou a mulher domingo em Parangaba e colocou a mulher no freezer".

A delegada regional da Polícia Civil de Quixadá, Anna Cláudia Nery, informou em entrevista que a mediação entre a Polícia Militar e o homem que invadiu o gabinete da Prefeitura de Choró e assassinou a bala o vice-prefeito Sidney Cavalcante (PT ), acabou com o acusado efetuando um tiro contra a própria cabeça.

O acusado foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para Fortaleza. Não há confirmação de que haja mais vítimas no local, apesar do acusado ter feito reféns no Gabinete da Prefeitura.

O vice-prefeito, que tinha 42 anos, já exerceu o mandato de vereador em 2012, e era vice de José Antonio Rodrigues Mendes, o Dé, como é conhecido o prefeito de Choró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário