quinta-feira, 24 de março de 2016

Páscoa: distribuição de ovos de chocolate envolve complexo projeto logístico de até sete meses‏

  • Com experiência neste segmento, DHL Supply Chain transporta milhões de ovos de páscoa e outros doces típicos todos os anos
  • Planejamento logístico, precisão das etapas e controle da temperatura garantem a qualidade e disponibilidade dos produtos para o consumidor final
São Paulo, 24 março de 2016 – Quem vê as prateleiras e “parreiras” cheias de ovos de páscoa não imagina o esforço logístico e de planejamento necessários para que o produto esteja nos pontos de venda em perfeito estado e no período certo, com eficiência. Com experiência de 10 anos neste segmento, a DHL Supply Chain, líder mundial em logística, armazenagem e distribuição, armazena milhões de ovos de páscoa todos os anos em seus Centros de Distribuição, em uma operação que chega a demandar a contratação de cerca de 100 pessoas durante os períodos mais críticos. Segundo Luís Baida, gerente geral de Operações da DHL Supply Chain, “a nossa Páscoa começa sete meses antes da data oficial e demanda um projeto logístico específico, cujo pico das operações ocorre cerca de 60 dias antes da data oficial. É um esforço concentrado grande, pois, além do período relativamente curto, são produtos frágeis que demandam características específicas de acondicionamento, separação e transporte”. 

O processo todo começa com mais de um ano de antecedência, com os fabricantes dos ovos e outros produtos típicos da Páscoa (barras, bombons, coelhos de chocolate, kits especiais, colombas pascais, etc.) definindo as estratégias comerciais e de marketing e projetando os volumes a serem produzidos. Com base nestas informações, é feito o planejamento logístico para a entrega dos produtos, nos prazos e locais definidos pelo cliente. Em geral, esse projeto abrange a movimentação da mercadoria desde a fábrica até os centros de distribuição e abastecimento dos pontos de venda localizados em todo o País. Em alguns casos, são utilizados também centros de distribuição satélites, mais próximos aos revendedores finais. “Os primeiros produtos, em geral, costumam ser distribuídos em dezembro, com a maior parte dos volumes sendo entregues até um mês antes da Páscoa. Se necessário, fazemos também entregas extras até o final de semana do feriado”, explica Luís Baida. 

O transporte dos ovos de chocolate e demais doces também demandam cuidados especiais, a começar pelo transporte. Ele é realizado por meio de caminhões refrigerados, cuja temperatura é mantida entre 14 a 20°C. Nos centros de distribuição geridos pela DHL, a temperatura e umidade também são controlados e monitorados por meio de antenas espalhadas por toda a área de estocagem. Além disso, os pallets dos ovos, dada sua fragilidade, não podem ser empilhados, sendo dispostos lado a lado – o que demanda um espaço grande de armazenagem que pode chegar a 15.000 m². 

Nos últimos 2 anos, a DHL Supply Chain vem enfrentando dois desafios adicionais: a crescente variedade de produtos (com tamanhos e até formatos diferentes dos ovos e produtos típicos) e a diversificação dos pontos de venda. A primeira situação demanda mais cuidado no acondicionamento dos produtos e maior precisão no controle de inventário. Já a diversificação reflete a tendência do mercado como um todo de chegar cada vez mais próximo ao consumidor, não apenas nos grandes centros e pontos comerciais tradicionais, mas também no interior e pontos de venda complementares como postos de gasolina e quiosques. Esse movimento demanda um maior fracionamento da armazenagem para que os produtos e volumes certos cheguem a cada parceiro varejista. “A sofisticação da operação logística reflete o desejo de atender de forma ca da vez melhor o consumidor, com novos produtos e facilitando o acesso a eles. Para isso, é necessário um sólido planejamento, embasado em sistemas de TI especializados e expertise do operador”, completa Luís Baida, gerente geral de Operações da DHL Supply Chain.
DHL – A empresa de logística para o mundo

A DHL é a marca líder mundial no setor de logística. A família de divisões da DHL oferece um portfólio incomparável de serviços de logística que vão desde encomendas nacionais e internacionais, entregas expressas internacionais, serviços de transporte rodoviário, aéreo e marítimo até a gestão da cadeia de abastecimento industrial. Com cerca de 325.000 funcionários em mais de 220 países e territórios em todo o mundo, a DHL conecta pessoas e empresas de forma segura e confiável, possibilitando fluxos comerciais em todo o globo. Com soluções especializadas para mercados e setores em crescimento, incluindo comércio eletrônico, tecnologia, biociências da vida e área de saúde, setor energético, automotivo e de varejo, um sólido compromisso com a responsabilidade corpor ativa e uma presença inigualável nos mercados em desenvolvimento, a DHL está posicionada de forma decisiva como "A empresa de logística para o mundo".

A DHL faz parte do Deutsche Post DHL Group. O Grupo gerou receita de mais 56 bilhões de euros em 2014.
Por: Élida Gonçalves - DFREIRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário