sábado, 5 de março de 2016

ARTIGO Construção de Anexo no IJF é desnecessária

Prefeito de Fortaleza e governador devem declinar da Construção de Anexo no IJF, uma vez que os custos seguidos de transtornos projetados para a construção de 206 leitos em novas unidades hospitalares transformariam em um inferno a principal unidade terciária da Capital.
A crescente projeção da demanda reprimida no atendimento de urgência e emergência dos habitantes de Fortaleza não será equacionada enquanto persistir a anexação da Microrregião de Saúde de Baturité à Macrorregional de Saúde de Fortaleza. O caminho seria a construção de mais um Hospital Geral na Sede do Município de Canindé com a respectiva criação da 6ª Macrorregião de Saúde dos Sertões de Canindé para forçar a anexação da Microrregião de Baturité e a adesão de municípios adjacentes.
O Hospital Regional de Quixeramobim, inaugurado e sem funcionar por falta de abastecimento de água há mais de um ano, declara que Canindé superava as justificativas estruturantes para sediar a unidade de atendimento por saúde de média e alta complexidade para atender a uma população superior a 612 mil habitantes do Sertão Central. Quixeramobim recebeu uma adutora que liga ao rio Banabuiú, que não resistiu à seca e também está vazio.
Se a sede do Hospital Regional do Sertão Central fosse construída em Canindé, Fortaleza já estaria desafogada nos atendimentos por saúde em torno de 750 mil habitantes a mais de um ano. Então, por que construir um Anexo no IJF Centro?
Tal verba deveria ser direcionada para construir um Hospital Regional em Canindé, uma vez que recebe uma população anual flutuante em torno de dois milhões de romeiros, que, numa iminência de catástrofe, não seria atendida no hospital sede da Microrregião de Saúde de Canindé que se encontra em completa falência e, junto com a Microrregional de Baturité, continuam encaminhando e transferindo em torno de 338 mil habitantes para sufocar ainda mais os hospitais da Capital. Assim alertam as estatísticas.
André Noronha Brasil anbrasil.andre@hotmail.com Estudante de Administração Pública (UFC). Fonte: http://www.opovo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário