sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Prefeito João de Quixdaá empossa nova Comissão de Avaliação Médica no município

O Prefeito de Quixadá, João Hudson Bezerra, apresentou nesta quinta-feira (22), a nova Comissão de Avaliação Médica a serviço da prefeitura. Além do prefeito, estiveram presentes à solenidade de apresentação e posse, que ocorreu no Centro de Especialidades, a Secretária de Saúde, Selene Bandeira, e a Superintendente do IPMQ, Natália Bezerra.

A nova comissão é composta pelos experientes médicos Gladston Bezerra Carneiro e Maximiliano Ludeman. A medida teve por objetivo oferecer agilidade a apreciação de pedidos de licença para tratamento de saúde feitos pelos servidores públicos, e atende ao que está estabelecido na Legislação Previdenciária do Município.

A portaria que nomeou a nova comissão passou a vigorar a partir do último dia 15 de janeiro. Durante a cerimônia de posse, o prefeito João Hudson falou sobre a intenção de criar mais condições para o melhor exercício possível das funções públicas, bem como ressaltou seu amplo respeito pelos direitos dos servidores municipai

Prefeitura de Quixadá atenderá recomendação do TCM e não usará recursos públicos no Carnaval 2015. Mas Festa será realizada através da Iniciativa Privada. 

A Prefeitura de Quixadá atenderá recomendação do Tribunal de Contas dos Municípios, emitida no último dia 13 deste mês, e não usará recursos públicos para financiar a realização do Carnaval 2015.

Ao tomar tal decisão, o Prefeito João Hudson Bezerra considerou a razoabilidade da recomendação do TCM. De modo geral, o cenário para os municípios de todo o Estado é de dificuldades financeiras, gerado pela queda continuada nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Além disso, as prefeituras também estão lidando com o aumento no Piso Nacional dos Professores, o que gera significativa despesa. Em Quixadá, aliás, a prefeitura pretende reajustar o piso dos professores bem acima da média nacional, que é de 13,01%, para 16%, um dos maiores aumentos da região. O investimento na valorização dos professores é considerado pela gestão de Quixadá como muito importante.

Junte a isto o quadro de seca que, segundo a Funceme, continuará exigindo cautela na aplicação dos recursos públicos. O uso parcimonioso do dinheiro do povo, portanto, é uma medida necessária. A prefeitura está reorganizando as finanças para assegurar a tranquilidade nos pagamentos de todos os seus servidores, o que exige, também, cautela quanto a gastar dinheiro com a festa de carnaval.

Secretaria Municipal de Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário