quinta-feira, 16 de julho de 2015

STDS firma parcerias para financiar empreendedores juvenis

Rparceria stdsA Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) assinou, na manhã desta quinta-feira (16), convênio de cooperação técnica com a Caixa Econômica Federal, o Banco do Nordeste (BNB) e o Sebrae/CE para o desenvolvimento do Projeto Empreendedor Juvenil, uma nova linha do Programa Primeiro Passo. O objetivo inicial é qualificar profissionalmente 2.500 jovens, de 57 municípios do Estado, para o empreendedorismo, até o fim deste ano. Além da qualificação profissional, os novos empreendedores receberão financiamento e assistência técnica gerencial para montagem e gestão de novos negócios em suas cidades.

A qualificação começa em agosto próximo, logo após o lançamento oficial do projeto. Ao final da primeira das quatro etapas da capacitação, 250 planos de negócios elaborados pelos próprios educandos serão aprimorados pelo corpo técnico das instituições parceiras e encaminhados para os bancos para consequente financiamento do microcrédito. A linha Empreendedor Juvenil contempla jovens de 18 a 29 anos que estejam cursando o ensino fundamental ou médio ou que sejam egressos da rede pública de ensino.

Inserção no mercado - “O Ceará vivencia, apesar da crise, um bom momento nos níveis de emprego, mas precisamos gerar oportunidades em todas as áreas, criar políticas públicas novas que permitam os nossos jovens empreender, abrir os seus próprios negócios com conhecimento e crédito”, destacou o titular da STDS, Josbertini Clementino, ao assinar com representantes da Caixa, do BNB e Sebrae-CE o termo de parceria e formalização do Empreendedor Juvenil.

“Esse projeto é importante porque traz o jovem para dentro da economia do Estado. Insere o adolescente no mercado de trabalho e do crédito”, destacou o superintendente do BNB, Stélio Gama Lyra Júnior. Conforme explicou, ao participar do projeto, o jovem, além da capacitação técnica e gerencial e da possibilidade de participar dos programas de microcrédito, passa a dispor de contas corrente e de poupança e cartão de crédito próprios. As taxas de financiamento giram em torno de 1,2%, ao mês.

Segundo Stélio Gama, o BNB reúne, atualmente, no Ceará, uma carteira de 635 mil clientes ativos no programa de microcrédito da instituição, o que corresponde a cerca de 30% do público assistido pelo banco na Região, nesse segmento. “Esses projetos de empreendedorismo são importantes porque reforçam as ações de microcrédito do banco”, acrescentou o gerente de Pessoa Jurídica Pública da Caixa Econômica, Marcus Vinícius.

Capacitação - As capacitações do Empreendedor Juvenil serão realizadas pelos Telecentros da STDS, em parceria com as secretarias Estadual de Educação (Seduc) e do Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome de Fortaleza (Setra). Os cursos começam em agosto próximo e vão até o fim do ano.

Além de Fortaleza, foram contemplados os municípios de Acopiara, Alto Santo, Antonina do Norte, Amontada, Apuiarés, Aracati, Aurora, Barreira, Barro, Boa Viagem, Brejo Santo, Campos Sales, Caridade, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Coreaú, Forquilha, Icapuí, Iguatu, Iracema, Itapajé, Itapiúna, Itarema, Jaguaribe, Jaguaretama, Jaguaruana, Juazeiro do Norte, Mauriti, Maracanaú, Meruoca, Milagres, Milhã, Missão Velha, Mombaça, Morada Nova, Moraújo, Morrinhos, Pacajus, Palhano, Pereiro, Quixadá, Quixelô, Quixeramobim, Russas, São João do Jaguaribe, São Luis do Curu, Senador Pompeu, Sobral, Solonópole, Tauá, Tejuçuoca, Trairi, Ubajara, Várzea Alegre e Viçosa do Ceará.

Projeto Primeiro Passo - O Primeiro Passo tem como objetivo criar oportunidades de inclusão social e profissional para adolescentes e jovens, oriundos da rede pública de ensino, que se encontram em situação de risco social e vulnerabilidade, estimulando-os por meio do desenvolvimento de suas competências social e profissional. Atua em quatro linhas de ação, abrangendo todo o Estado do Ceará: Jovem Bolsista, Jovem Aprendiz, Jovem Estagiário e Empreendedor Juvenil. A meta do projeto é qualificar 12.000 jovens para o mercado de trabalho ao longo de 2015.

A linha Empreendedor Juvenil contempla jovens de 18 a 29 anos, que estejam cursando ensino fundamental, médio ou que sejam egressos da rede pública de ensino. A qualificação priorizará o empreendedorismo e viabilizará o encaminhamento dos alunos a instituições de microcrédito, além de oferecer assistência técnica gerencial aos novos empreendedores. Os cursos acontecerão em parceria com os Telecentros.

A linha Jovem Bolsista atende estudantes da 8ª e da 9ª séries do Ensino Fundamental ou EJA III e EJA IV. Os alunos recebem do projeto bolsa-capacitação, fardamento, lanche, material didático e participam de cursos de iniciação profissional no período de 5 meses. São remunerados pelo Governo do Estado.

O Jovem Aprendiz qualifica estudantes da 3ª série do Ensino Médio ou que já tenham concluído. Os jovens são qualificados em cursos de iniciação profissional e, simultaneamente, inseridos em empresas privadas. Com duração de um ano, os inscritos nesta linha recebem do projeto fardamento, lanche, material didático e são remunerados pela empresa. (Lei de Aprendizagem nº 10.097 de 19/12/2000).

Na linha de ação Jovem Estagiário, os estudantes da 1ª e da 2ª séries do Ensino Médio são encaminhados para estágios em instituições públicas ou privadas, com duração de um ano e são remunerados pela empresa. Já no Estágio Remunerado, são contemplados estudantes da 3ª série do Ensino Médio, que são encaminhados para empresas privadas e públicas para estágio com duração de seis meses. Os jovens recebem do Primeiro Passo fardamento e auxílio-transporte e são remunerados pelo Governo do Estado.

*Mais informações: Projeto Primeiro Passo – 3101.1559 (Robertha Arrais)

Foto: Rogério Rodrigues

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social - STDS
Carlos Eugênio (85 3101.2089 / 2099 / imprensa@stds.ce.gov.br )

Ciro Câmara
Gestor de Célula/Secretaria

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará
Governo do Estado do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário