quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Polícia continua ‘caça’ aos assaltantes que explodiram BB de Milhã

Agência ficou completamente destruída com a explosão (Foto: VC Repórter)Milhã. A Polícia segue atrás da quadrilha que explodiu a unidade do Banco do Brasil deste Município do Sertão Central. A ação foi registrada nas primeiras horas da madrugada da última terça-feira (10). De acordo com as informações da Polícia um carro que possivelmente teria sido usado pelos bandidos durante a fuga, foi encontrado na localidade de Nenelândia, zona rural da cidade.
O veículo seria uma Saveiro de cor Branca. O carro foi encontrado por populares na Fazenda Variante, que logo em seguida acionaram a Polícia. As investigações iniciais da Polícia apontam que o veículo pode ter sido roubado durante uma ação na cidade de Ibicuitinga. Os policiais trabalham com a hipótese de que o carro tenha sido usado pelos bandidos na fuga.
Repetindo o modus operandi de grupos especializados em ações contra agências bancárias do Ceará, a quadrilha se dividiu durante a fuga. Parte dela teria seguido pela estrada onde o veículo foi encontrado incendiado. A outra teria usado uma estrada que dá acesso às cidades de Quixeramobim e Banabuiú. Nos dois municípios a segurança esteve reforçada na última terça.
Dentro do carro incendiado não foi encontrado armamento ou objetos que possam ter sido levados durante a ação. O Diário Sertão Central apurou que a quadrilha explodiu o cofre mas não havia dinheiro armazenado no local. O Banco do Brasil não confirmou a informação.
Equipes do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que abrange as cidades da Região, garantem apoio na busca aos criminosos. A explosão do Banco de Milhã foi a primeira registrada este ano, de acordo com dados do Sindicato dos Bancários do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário